Vejam a cara do MALABARISTA DE PALAVRAS ao lado do seu sempre lembrado GRANDE AMIGO! O maior e melhor compositor carnavalesco ( em especial) que viveu ( muito) nestas plagas parahybanas! O Carnaval, o verdadeiro, aquele que “tinha cheiro” continua sendo a sua – dele – cara! HOJE morando noutra cidade e vestindo uma roupa que não desbota nem perde o vinco, sem precisar daqueles óculos “peba” que um idiota lhe roubou, ele vê tudo é conclui: “Que carnavalzinho merda, hein 1berto?”. E eu: “Põe merda nisso, Li”! Saudades! Brincas por aí em paz, Li!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


− 3 = cinco

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>