é ela! é ela! é ela!

é ela! é ela! é ela!

LEMBRO-ME BEM…

nesse dia ele fez questão de mostrar onde vira dona chiquinha. ela estava assim, mostrou, cabelos branquinhos e vestindo uma roupa tão branquinha como os cabelos. olhei para ela, e ela sorriu. eu falei: é ela! é ela! é ela! e era mesmo? era.

fiquei calado não disse nada. nem precisava. ele vira dona chiquinha e ninguém que duvidasse. mesmo não acreditando em nada mais depois dessa nada em que vivemos, acreditei: dona chiquinha tinha trocado de roupa e ido morar noutra cidade há anos.

Ai ele estava ao lado de outro que para a minha alegria ainda mora por aqui e veste a mesma roupa que estou vestindo. está em pé e por muito tempo ainda assim estará.

saudades de ambos!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


× 9 = sessenta três

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>