1berto de almeidda

1berto de almeidda

não vejo assim o meu nome.  ainda. aos pedaços e incompreensível para muitos. para mim. sou claro. aberto. 1berto. saí do face para mostrar – como sempre fiz – a minha cara por aqui. um número. isso. mas plural. somos todos assim. trazemos multidões dentro do peito. eu trago. embora não fume. antes mesmo de o nome o número. todos somos números. fazemos parte de um grande problema de matemática. mas o nome deve ser explicito. claro. aberto. honrado. digno.  1berto. um dia falei que não tenho fases. tenho frases. continuo assim. mais claro.  aberto. sou 1berto. fim de papo. e desse exercício para os dedos malabaristas.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


5 − dois =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>