Arquivos Mensais: outubro 2014

Um espelho para ele refletir…

espelho

Podem anotar: se eu fosse um desses candidatos corruptos e ladrões que busca um mandato ou faz das tripas coração para uma reeleição, buscando fazer do mandato conquistado uma blindagem política e manto para a impunidade, um verdadeiro ex-croto, por Nossa Senhora da Penha, Santa de quem sou devoto, não teria nunca a coragem de ir à televisão mostrar a ... Leia Mais »

Uma ilha cercada de pó por todos os lados!

Um ilha cercada de pó por todos os lados

Uma vez um morador conhecido meu da Ilha do Bispo, essa ilha cercada de cimento por todos os lados e praticamente encravada no coração da capital parahybana, fez-me um convite para dar uma olhada na situação dele e família. Falei então que conhecia e sentia o problema. Ele me disse que saber e sentir de longe era pouco. Vamos lá, ... Leia Mais »

‘Relatos Selvagens

filme na tela

As histórias que justificam o título Relatos Selvagens, filme argentino que estreia na quinta 23, produzem imediata identificação a qualquer espectador exposto ao mundo contemporâneo. Ao menos até o momento em que entra em cena o registro de humor negro e tudo parece ser redefinido. Ou não, e por isso mesmo o tom vem nos alertar para a falta de ... Leia Mais »

Existe apenas uma idade para sermo felizes…

eu canto os meus parabéns a mim e festejo com eles!

‘Existe apenas uma idade para sermos felizes, apenas uma época da vida de cada pessoa em que é possível sonhar, fazer planos e ter energia suficiente para os realizar apesar de todas as dificuldades e todos os obstáculos. Uma só idade para nos encantarmos com a vida para vivermos apaixonadamente e aproveitarmos tudo com toda a intensidade, sem medo nem ... Leia Mais »

Vale a pena contar de novo!

humberto metade do rosto na porta

Taí, confesso que já estava esquecido! Faz tanto tempo! Mas, agora, manhãzinha logo cedo, lembrando os tempos em que o meu mundo começava na Rua João Machado – uma distância “enorme” da Rua Senhor dos Passos e 12 de outubro – passava pela Mata do buraquinho e terminava no Sítio de Dona Zaíra, lembrei-me que nasci mesmo numa quarta-feira como ... Leia Mais »

Nascendo e renascendo nas manhãs de 22 de outubro!

HUMBERTO DE BRAÇOS CRUZADOS E BARBA EMBRAQUECENDO

Taí, confesso que já estava esquecido! Faz tanto tempo! Mas, agora, manhãzinha logo cedo, lembrando os tempos em que o meu mundo começava na Rua João Machado – uma distância “enorme” da Rua Senhor dos Passos e 12 de outubro – passava pela Mata do buraquinho e terminava no Sítio de Dona Zaíra, lembrei-me que nasci mesmo numa quarta-feira como ... Leia Mais »