Arquivos Mensais: abril 2015

A MESMA PRAÇA…

praça tres

Acho que além de meio burro para entender certas coisas e burro e meio para entender as coisas certas deles, também estou perdendo a minha capacidade de ver o que os outros veem! Tudo bem que, segundo Zé Américo, ver bem melhor quem vê aquilo que os outros não veem. Porém, em se tratando da nosso Praça 1817, a mesma ... Leia Mais »

O MESMO BANCO!

praça dois

Tudo bem que povo desenvolvido, alardearam um dia por aí, é povo limpo. Não disseram, mas agora eu digo: um povo que usa uma calça remendada, deixando de mostrar a bunda suja, também é mais limpo ainda. Trocando em miúdos: a limpeza é bela! Agora, se a praça assim, sem buracos e limpa ficou mais bela? Pelo amor de Deus! ... Leia Mais »

Minha vida de circo, ou, Eu sou um Clown triste

PALHAÇO TRISTE. dois

  Por Anco Márcio – em 19/01/2006 às 04h41   Eu sou um clown triste. Que faz rir, que faz chorar.Palhaço.Vivo minha vida na corda bamba, me equilibrando no arame das ilusões e fazendo mágica com as palavras e os sons.Fazendo malabarismo com as letras, com os acentos com os tis, com as interrogações que me perguntam coisas, ou com ... Leia Mais »

Seap transfere dez apenados para presídio federal no Mato Grosso do Sul em parceria com Depen

presos um

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), realiza desde a noite do dia (22) de abril quarta-feira, até a tarde desta quinta-feira (23), a transferência de 10 apenados oriundos da Penitenciária Romeu Gonçalves Abrantes PB1 e PB2 e do Presídio Silvio Porto para o Presídio Federal de Campo Grande no Mato Grosso do Sul (MS). O trabalho de deslocamento ... Leia Mais »

“O QUE ME RESTOU DO SILÊNCIO…” VIROU BEST SELLER ?

capa melhr

Antes e depois de lançar o meu “O que me restou do silêncio...” em 28 de novembro do ano passado, escrevi aqui e agora e,  passados os dias, escrevo de novo: não sou vendedor de livros, mas apenas um Malabarista de Palavras. Hoje, porém, 23 de abril de 2015, fazendo as contas, para a minha surpresa o resultado foi esse: ... Leia Mais »

UMA DESCOBERTA DE CABRAL ? SAI DESSA, PEDRO!

Descobrimento-do-Brasil dois

                              Desde o dia 22 de abril, dias depois da mentira do dia 1º de Abril,  vinha  pensando em dizer alguma coisa sobre o “grande”      navegador  português, Pedro Álvares Cabral, segundo alguns inventores de histórias, descobridor deste Verde-amarelo. Uma História que há muito merece ser contada em detalhes. E todos verdadeiros. A História do Brasil, essa contada por Dona Iolanda, ... Leia Mais »

ESSES POETAS, POBRES POETAS…

poema ruim

  Ainda com alguns poemas que acabei de ler na garganta, justamente pelos seus “pés quebrados” que insistem em resistir a travessia até ao estômago, lembrei-me  do Paulo Leminski: “um bom poema leva cinco anos jogando bola/mais cinco estudando sânscrito/seis carregando pedra/nove namorando a vizinha/sete levando porrada/quatro andando sozinho/três mudando de cidade/dez trocando de assunto/uma eternidade, eu e você, caminhando ... Leia Mais »

EU, POR MIM…

anco-jovem

Por Anco Márcio – em 02/04/2009 às 00h00 Filhos eu os tenho, dois; livros eu os escrevi, oito; árvores, eu as plantei, inúmeras. Mas não é por isso que me sinto feliz e realizado aos quase 65 anos. Não é apenas por isso. Minha felicidade maior vem do fato se ser verdadeiro, de falar e escrever verdades sem medos, mágoas, ... Leia Mais »