Arquivos Mensais: junho 2015

Como é bom saber tocar um instrumento!

fernando pessoa febre

Nesse exato momento, sem pressa em olhar, espalho esse olhar sem pressa pelas ruas da minha cidade!  Não sou réu, mas confesso: gosto muito desta cidade! Vocês sabem. Todos. Sempre gostei. Se  tivesse nascido em outro lugar, nenhuma dúvida: não seria o mesmo! Pausa. Mas também não seria muito diferente. Sou moldado pelo bairro em que nasci. Somos.  Jaguaribe. Não ... Leia Mais »

Bota fogo nesse time ruim!

botafogo da paraiba

Essa vai em especial para o botafoguense e poeta Quelyno Souza​ e outros botafoguenses e poetas no geral:  Acreditem. Joguei bola. E bem. Não assisti ao vivo a nenhum jogo do Botafogo da estrela – horrível! – vermelha. Semana passada, em casa, curtindo a minha espontânea hibernação, assisti a partida – pela televisão – entre Botafogo x Confiança. Tudo respeito. ... Leia Mais »

Pancada na cabeça transforma mulher em gênia!

cérebro

Uma pancada na cabeça e, pronto, a pessoa se transforma em gênio. Parece coisa de desenhos, mas aconteceu na vida real. Leigh Erceg, fazendeira nos Estados Unidos, sofreu uma forte queda em 2009 e teve graves lesões no cérebro e na coluna vertebral. À época, a expectativa é que ela nem voltasse a andar. Sem memória, voltou a caminhar e, ... Leia Mais »

E Saber Que Há Muito Eles Vinham Roubando Tão Bem…

operacao lava jato

Nas alegações finais entregues pela chamada “força-tarefa” da operação à Polícia Federal, assinada por nove procuradores, todos concordaram que os sacanas e ladrões e pulhas e sacripantas dessa operação – descobriram a pólvora! – ganhavam “muito acima do valor médio ganho pelo brasileiro e, por isso e talvez por isso, não tinham a  necessidade roubar tanto. Agora, dois leitores meus,  ... Leia Mais »

O GRITO DESSE PAVILHÃO DÓI-ME NOS OUVIDOS!

pavilhao do chá limpo

O Pavilhão do Chá. Sempre gostei desse espaço público. E  esse meu gostar tem muito do fato de o meu pai o Compadre Heráclito ter gostado muito dele nos tempos em que morava nesta cidade e vestia a roupa que ainda visto. Hoje, abandonado ou quase, nada mais guarda dele. Pois é.  O meu pai, assim como este escriba, se ... Leia Mais »

AMANHECER NA BEIRA-MAR – NAVEGO EM MIM!

Amanhecer na beira-mar!  Tudo bem É raro. Mas estou me acostumando. Uma escuridão que não se ver o próximo passo  e… De repente ou mais que de repente um mar que não tem mais tamanho aparece naquele doce balançar me-leva-e-me-traz das ondas que dão os primeiros beijos na areia branca!  Uma beleza indescritível é assistir ao sol desvirginando a manhã ... Leia Mais »

Os 150 Anos de Alice e o País Que Era Uma Maravilha para o “pedófilo” Lewis Carroll!

lewis e alice

    Começo com voadora na caixa dos peitos: uns dizem que ele era um pedófilo; outros, esses mais “Aliceanos“ e “aliciados”, que tudo era intriga da oposição. A sua maneira de “gostar de crianças” era a mais inocente do mundo, esses dizem.  Era, vamos assim dizer, uma espécie de Michael Jackson que não sabia cantar, mas escrevia pra “carvalho” ... Leia Mais »

NO PRINCÍPIO…

PRINCÍPIO

  No principio, era quase nada: sabia-se as horas e alguns números de telefone, um samba de Ary Barroso e quando terminariam as aulas. Quase nada. Mas a pressão interna aumentou na medida em que fomos mártires do cotidiano. E, em breve, havia mais temas nas conversas noturnas. Soubemos quem era o responsável pela desgraça do país. E quem se ... Leia Mais »