Arquivos Mensais: março 2016

Gente estúpida, gente hipócrita!

nada a dizer. apenas espalhar a letra dessa “despretensiosa” musiquina de gilberto gil:   Nos barracos da cidade Ninguém mais tem ilusão No poder da autoridade De tomar a decisão E o poder da autoridade, se pode, não faz questão Mas se faz questão, não Consegue Enfrentar o tubarão Ôôô , ôô Gente estúpida Ôôô , ôô Gente hipócrita E ... Leia Mais »

A festa acabou três

FESTA TRES

É fogo, irmão, é fogo, diria o Vinícius de Moraes. E nada de em cima uma laje e embaixo a escuridão. Para mim, por enquanto, em cima é o céu azul e embaixo um campo mais verde do que a mais verde das esperanças. O pior, otimista que aprendi a ser, apesar das crises de pessimismo que me impede de ... Leia Mais »

A festa acabou dois

FESTA DOIS

Mesmo não sendo réu confesso que votei em vocês. Não sou de pecar pela omissão nem nasci para ser gato nesta vida, viver eternamente em cima do muro, e somente descendo do mesmo quando o lado que escolheu é-lhe favorável. Fui, vi e votei. Nada, porém, de venci, os vencedores foram vocês. Ontem mesmo, aqui neste mesmo espaço internético, disse ... Leia Mais »

A Festa acabou um!

festa uma

E agora Lulinha? A Festa acabou, a luz apagou, o povo fez tudo que era possível, mas não deu. E o pior, Lulinha, é que a emoção passou. O primeiro turno não deu (“vamos acabar logo com isso”), o segundo também (“mande enfiar esses processo no…”) e agora é ficar em casa ouvindo um tango argentino ou embriagando-se de vodka ... Leia Mais »

O pústula

estupido

A bela frase de Mark Twain que ilustra estas mal-traçadas é sobre um estúpido. No caso dele, porém, desse amigo que me contou, o personagem que é contado passa disso: além de estúpido é desonesto e incompetente.  Ele sabe que é detestado por todos, ou melhor, quase todos, pois os lambe-cus o adoram. Isso porque estão em cargos que são ... Leia Mais »

ESSE NOSSO ANJO SERAFIM

Um da que não muito distante, pois, todos sabem que quando sabemos guardar os dias de que gostamos, eles nunca se distanciam da gente, Dominguinhos, nobre convidado da gravação de “Esse Anjo Serafim”, uma composição deste escriba malabarista de palavras e Gil de Rosa, irmão/parceiro/amigo, não suportando ficar calado ao ouvir Marta Nascimento cantar essa antiga composição destes compositores parahybanos, ... Leia Mais »

Um Cão Uivando de Dor!

cao melhor

As chuvas, por aqui, cessaram. Mas resta pairando no céu um manto úmido de nuvens pesadas d’água. Tenho-me aqui, sobre a cama. Tenho os pés gelados – esse ar condicionado ainda me mata! – embora os mantenham enrolados em uma fina colcha que me acompanha em minhas noites insones.  Os ruídos me chegam pelos braços do ar. São vozes, músicas ... Leia Mais »

Vantagens e desvantagens de morar sozinho

morar sozinho dois

Por Anco Márcio – em 21/06/2007 às 00h00 Moro sozinho há mais ou menos doze anos. Tem uma santa empregada que vem três vezes por semana, botar ordem na casa, lavar, passar, cozinhar e fazer compras.Pra outras coisas num serve mais não, pois além de ser obreira da Universal, já passou dos cinquenta e tá um verdadeiro caco. De vez ... Leia Mais »

LA HABANA DE POLÍBIO ALVES

LA HABANA

Eu plural: Eu não poderia deixar de espalhar aqui nem de ratificar a minha admiração pelo trabalho do poeta e contista Políbio Alves. Sem dúvidas, um dos melhores de todo o verde-amarelo. Por que “verde-amarelo” ? Simples: comigo não tem essa história de “poeta paraibano, pernambucano, mineiro (… etc.). Poeta é poeta em todo lugar e de todo lugar. Assim ... Leia Mais »

A sorte está laçada !

alea

Nada contra Pompeu. Não sou Cesar. Nunca fui. 1berto. Humberto. Os dois. Sou. A frase faz tempo que povoa o imaginário dos destemidos. Os dados estão lançados. O dado é moldado. São dados. Apenas. Na verdade não estou lançando a sorte. Tem mais:  se vocês não sabem, nunca fui de acreditar em sorte ou azar. A sorte está lançada. Não ... Leia Mais »