Arquivos Mensais: agosto 2017

VOTAREI NUM MERDA!

zezinho merda

Estava pensando seriamente em anular o meu voto.  Se usei por muito tempo o referido para anular alguns ex-crotos candidatos, agora iria mesmo anulá-lo (sic) de vez. Assim como um dia aqui relatei, sei há muito em quem “não votarei”. Mas decepcionado e muito com o Gilmar Mendes, esse que vocês talvez até digam que nada tem a ver e ... Leia Mais »

A Leste dos Homens

leste dos homens novo picasa

Foi sexta-feira. A passada. Eu que não andava saindo as sextas nem em outros dias, sobretudo nas noites desse dia, sexta-feira, fiz questão de estar presente.  Melhor: fizemos.  Afinal, não é todo dia, mês ou ano que o poeta, romancista, contista e jornalista Políbio Alves lança um de seus sofridos – sempre – “filhos de letras”. Agora foi a vez ... Leia Mais »

Políbio Alves: eis aí o poeta!

vale a pena conhecer melhor a inspiração e esse poeta singular no universo plural da poesia. nada de “poesia brasileira”. poesia!   todo poeta é um cidadão do mundo! e políbio o é!  temos outros poetas. todos também desse mesmo mundo.plural. plurais.  mas, assim como poucos, políbio é um poeta singular! Leia Mais »

Esse Terraço em nós…

terraço picasa

O Sol nasce aqui como se nunca tivesse morrido! Afinal, o Sol só (sic)morrerá um dia para nascer em outros corações!  Aquim, em pedaços  coloridos ele  se espalha em nuvens plúmbeas! A expressão estava em nossas caras: nuvens plúmbeas! Mas o mar nem está aí  em toda a sua grandeza líquida para esse Sol que nasce como se nunca tivesse ... Leia Mais »