A academia sonhada pelo imortal Hildeberto Barbosa Filho
o crítico e poeta hildeberto barbosa filho

A academia sonhada pelo imortal Hildeberto Barbosa Filho

Do amigo de longas datas e parceiro de longos papos e longas e etílicas e boêmias noitadas, e imortal – esse verdadeiro – Hildeberto Barbosa Filho, sobre a Academia Paraibana de Letras que desejava encontrar:

“Não, não é no casarão antigo, com seu potencial histórico e turístico, com seu jardim habitado por bustos imortais, seus pisos renovados, suas paredes caiadas de novo, seu ar de limpeza, sua música de fundo, que imagino existir a minha academia. Para mim, sua referência maior reside na magia que circula inefável e imperceptível, naquilo que possa chamar de espírito acadêmico. Veja bem, caro leitor, espírito acadêmico. Não espírito festivo, atmosfera, social, lantejoulas, futilidades…”.

Em tempo:  negrito é nosso. Ou melhor, negro sendo, esse  negro sou eu.

APL

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


seis − = 3

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>