A festa de aniversário de um  verdadeiro Pilunga de Jaguaribe!
Cláudio "Pilunga" Gomes: a festa foi dele e nossa!

A festa de aniversário de um verdadeiro Pilunga de Jaguaribe!

A festa dos Filhos da Cruzada que se realiza todo fim de semana na casa do bom Morais (ou seria Moraes) é um boa oportunidade de encontrar amigos. Assim também foi dessa vez: amigos comemoraram o aniversário do bom Pilunga, esse para os mais íntimos que são muitos, e Cláudio Gomes para os poucos que não sabem tratar-se da mesma pessoa.

Se é difícil este Malabarista de Palavras aparecer por lá? Todos sabem: é. Mas se não apareço, aviso logo de primeira, não tem nada a ver com o fato de achar que outras plagas me esperam em tempo certo e hora marcada.É tempo. Descanso. Silêncio.

Mas no aniversário de Pilunga, como aconteceu no último sábado, sempre dou um jeito de estar presente e sentir a alegria e o quanto esse personagem é querido entre os amigos. Não sei direito, mas parece que o nosso Pilunga dobrou o Cabo dos 70. Por aí. Um cabo ainda grávido de esperanças!

Assim de repete ou mais que de repente, como naquele poema famoso do “poetinha”, contei alguns ótimos companheiros que dividiram esse sábado com o aniversariante. Assim de cor? Deixa-me ver: Paulo (esse meu irmão), Quincas, um dos maiores jogadores de salão daqui e de alhures; Ciro, o sempre educado;  Carlinhos do Estrela do Mar, esse exemplo de cidadão; Agápio Vieira, cantando cada vez melhor, dando um show com “Barravento” do Sérgio Ricardo; Marcelo Sampaio, analisando a vida e sentindo saudades de Vilei, esse nosso amigo em comum;  Toinho, sempre alegra, contando história de seus Pilungas de Jaguaribe, Humberto, o “cabrinha”, todo abstêmio e sorridente, se guardando para quando o fim de ano chegar; Martinho, eterno Braço de Guarda-chuva; Humberto, o “macaco” dos 25 Bichos…

 Ora, na verdade houve – fosse aquele radialista tacaria aqui um “houveram” – outros presentes, muitos, mas não os cito porque esses  nunca estiveram presentes na minha história e, agora, nessa memória que ainda está muito boa para lembrar os amigos que não cabem neste espaço.

Mas, somente para dizer que por ali estive presente e gostei, aproveito daqui, desta minha ilha cercada de livros e discos e filmes por todos os lados para, mais uma vez, mandar os meus parabéns para o aniversariante. Valeu, Pilunga, que venham outros 70!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


8 × = cinquenta seis

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>