A minha opinião sobre fidel é uma ilha cerecada de opiniões por todos os lados!

A minha opinião sobre fidel é uma ilha cerecada de opiniões por todos os lados!

Meu Deus! Deus Meu! Nunca vi um povo tão conhecedor da história de Cuba quanto o nosso alfabetizado e ordeiro povo verde-amarelo! Ele tem sempre uma história para contar e ouvir o que pensam ou dizem da história contada por ele!

Numa breve pesquisa não encontrei uma só entre essa que não tivesse uma opinião formada sobre o comandante e ditador e herói e bandido e salvador da pátria – a dele – e homofóbico e censor e assassino e, por fim, “o maior de todos os latino-americanos” – esse vocês sabem quem disse – Fidel Castro!

Tantas são as opiniões prós e contras que este Malabarista de Palavras e homem cheio e meio de tudo disso, chega a pensar que não tem opinião. Por quê? Ora, porque toda e qualquer opinião que ele se arvorar a espalhar aqui deverá soar como déjà vu para muita gente!  Tudo que ele disser ou pensar sobre esse personagem que a história absolverá ou não, mas, segundo o próprio , ela o absolverá sim, pois ele quer e nela manda, não trará nada de novo.

Eu contar a história da Ilha para, logo em seguida, opinar sobre o seu “dono”?  Eu?! Ora, todos conhecem a sua – da Ilha – história mais que a história do próprio país. Não duvide. Se você sair perguntando por aí sobre o nome do descobridor do verde-amarelo país da delação premiada, por exemplo, não se espante se ouvir de alguns dos “perguntados” que “caiu na prova, respondeu, mas esqueceu”.

Outro exemplo: e se algum mais atilado querer entrar em detalhes, pode apostar que esse dirá o nome – ou nomes – de um desses fantásticos gênios do mal que passaram pelo Mensalão incólumes, mas por achar que nada mai poderia lhes acontecer de pior, relaxaram e se lascaram com a Lava jato.

- E aí doutor, o que se achou da morte de Fidel?

- Eu?! E Fidel morreu? Qual o Fidel de que falas?

- Aquele que o senhor um dia escreveu que nunca viu um sujeito tão forte e capaz de resistir a tantas autopsias (ou necropsias, vejam lá) seguidas!  Resistir e sair delas vivinho da Silva, zombando e achando que a Medicinal Legal – nesse caso – só poderia ser legal lá pras negas dele!  Fidel costumava dizer que um ato somente poderia ser considerado legal se ele e somente ele o legalizasse!

Pois é… É mesmo! Se resolvesse num impulso espalhar a minha opinião neste singular espaço Plural, ela não traria nenhuma novidade Já disseram tudo o que se poderia dizer ou opinar sobre Fidel. Tudo!  Nunca vi um povo – sobretudo o verde-amarelo – tão inteligente nas coisas de Cuba e na vida e morte de… como chamar mesmo Fidel?

Escolham. A minha opinião vocês já sabem.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


seis − = 1

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>