A paz numa manhã somente sol de uma quarta-feira!

A paz numa manhã somente sol de uma quarta-feira!

A paz invadiu o meu coração. Assim mesmo. Nessa manhã de quarta-feira a paz nunca me pareceu tão próxima. logo ali. debaixo dessa árvore que me convida para o descanso.

Manhãzinha.  Não penso em mortes. Dona Ivone Lara e Paulo Singer. Penso no Rio. Em rios. Em mares. Em ilhas de paz.

Tenho a certeza de que ainda falta muito para o fim do caminho. Pau e pedra. O fim do caminho ainda longe. Muito longe.  Nesse momento é a paz que me convida a caminhar com ela de mãos dadas. Segue o  peito vazio de histórias em que no final o bandido tem de morrer.

Leio poemas. Alguns sem poesia. Sem ritmos e significados. Poiesis! Os olhos pescam o poema. A alma a poesia. A foto tem muito de poesia. Ao vivoa imagem é mais poética.

O meu pai gostava dos poetas românticos. Ultraromâticos como Casimiro de Abreu e Álvares de Azevedo. Fagundes Varella e Junqueira freire. Meu pai nada tinha de pessimista. Nem era também melancólico. Mas achava bonito o “derramamento poético” de Álvares de Azevedo em seu “Lembrança de morrer”:

Ah, como me lembro!

”Eu deixo a vida como deixa o tédio/Do deserto, o poento caminheiro/— Como as horas de um longo pesadelo/Que se desfaz ao dobre de um sineiro”.

  A manhã dessa quarta-feira tão cheia de luz não me pede melancolia. Paz! Essa eu sinto em cada canto de pássaro que soa nos meus ouvidos nessa manhã de sol.  tudo ai. As considerações não me dizem mais nada. Nem as tenho.

 Ver… Sonhar é pedir demais. Sonho meu? Nada de buscar quem mora longe. Isso fica para dona Ivone Lara. O meu sonho não tem distância.  Está aqui. Comigo. Nada de buscar alguém para fazê-lo melhor. No meu sonho quem manda sou eu!

Na foto a paz no silêncio dessa manhã de uma quarta-feira somente sol. Um sol que brilha em mim. Para mim. Um sol que não precisa ser escrito com letra maiúscula para ser único.  Sujeito.

Nessa quarta-feira somente sol –  mais que nunca! –  não tenho medo da chuva. E que essa cair nos traga noticias do céu. As melhores!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


4 + = sete

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>