o prefeito não aguentou: “vão tomar no monossilábo”!

FUI EDUCADO. ESCREVI “MONOSSÍLABO”. o prefeito de votuporanga, porém, município que fica no interior de são paulo, desconhecido para este mb, apesar de suas muitas idas a paulicéia desvairada, sem papas ou padres ou pastores na língua, foi direto ao assunto como o nosso nêumanne pinto.

 votuporanga é a sexta cidade mais desenvolvida do brasil. possui uma população de 95 338 habitantes. e o seu atual prefeito é joão eduardo dado leite de carvalho, um engenheiro civil e (isso mesmo) sindicalista.

vejam aí, o “careca” não suportando mais essa história de “abre e fecha” e “fecha e abre”, sobe portas e desce postas, não suportou a gozação. isso: acho que fosse gozação. e gozar com a sua cara, mesmo lisa, não dava mais. se soltou o verbo? quase nenhum. somente “belos” adjetivos não menos “belos” substantivos.

o homem virou uma fera ferida! não aquela poética do roberto carlos que o caetano veloso canta no maior dengo do mundo. e sabem de uma coisa? estou com ele e não abro. ou melhor: não fecho. uma coisa ou outra. mas, particularmente, eu que ando me fechando – não abro nem para um trem carregado de renata fan- para a covid e jogando a chave fora, prefiro não abrir. saio de casa somente o necessário.

agora, mesmo não sendo réu, pelos meus cálculos, considerando o fato de que sofro de claustrofobia, confesso que tenho saído mais do que o recomendado. farmácia, banco e supermercado. levo o medo dentro do bolso e a coragem estampada no peito: tudo vai dar certo.

 o prefeito dado, voltando a esse sujeito que não suporta mais essa gozação, como a ele parece, entrando e saindo, fechando e abrindo, não suportando mais a barra, abriu a comporta do desespero: expluda-se (sic) o mundo! ele se acabando tenho a minha fazendo onde me esconder!

foi mais fundo: bolsonaro que vá tomar a sua cloroquina ou nela tome! aqui, a partir de agora, será rola voou! quem for podre que se quebre! se já me vacinei, furei a fila e pela agulha do bem já fui furado, vacinado, o resto que vá tomar no fundo do baú!

leiam o desabafo do prefeito que, segundo o âncora aí, “se revoltou-se”, ou seja, ficou naquele “se” ou não “se”. o homem não virou o cão: desvirou.

em tempo: o vídeo me chegou com o sorriso e não sem dúvida a gargalhada do bom amigo e não menos bom caráter carlos antonio potiguara, o poti.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Um comentário

  1. Ah prefeitinho filho da puta!
    Muito mais que burro, um perfeito idiota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


+ 6 = onze

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>