Às vésperas da Mega da Virada, ‘lotérica da sorte’ atrai apostadores

Às vésperas da Mega da Virada, ‘lotérica da sorte’ atrai apostadores

A fila que se forma do lado de fora do comércio não é problema para quem sonha em ficar rico

 

Depois das três apostas simples vencedoras da Mega da Virada em dezembro do ano passado e um prêmio da Lotofácil, em maio, a Lotérica Parelheiros, na zona sul da capital, tem atraído cada vez mais apostadores.

Às vésperas de mais um sorteio milionário, com previsão de R$ 280 milhões, a fila que se forma do lado de fora do comércio não é problema para quem sonha em ficar rico. Na Mega de 2017, cada aposta ganhou R$ 18 milhões.

O aposentado Nascimento Rodrigues Mendes, 66 anos, levou os volantes preenchidos com os mesmos números que aposta toda semana na mesma lotérica. “Aqui é a lotérica da sorte. Já ganhei uma quadra. Mas eu quero a Mega da Virada para fazer uma piscina de cachaça e outra de cerveja lá no quiosque que vou montar na beira da praia, no Ceará”, afirmou.

A gerente da Lotérica Parelheiros, Cristina Melvino, 39 anos, disse que a procura por apostas aumentou há duas semanas, mas não soube dizer quanto. “Aqui vem muita gente porque agora somos conhecidos como a ‘lotérica da sorte’. Até uma mulher da zona leste veio aqui fazer uma aposta”, disse.

Para o professor de matemática Hélio José de Abreu, da Universidade Presbiteriana Mackenzie Campinas, a probabilidade de outra aposta vencedora sair para a Lotérica Parelheiros é “infinitamente pequena”.

“Para fazer esse cálculo precisamos saber quantas apostas serão feitas. É claro que quanto mais apostas, maior a probabilidade de o prêmio sair novamente lá. Mas a probabilidade é praticamente zero”, disse.

Mas para apostadores como a vendedora Angela Soares, 27 anos, o que conta mesmo é a sorte. “Tenho os números da sorte, e apostei no bolão da família, do trabalho e dos amigos. Quero viajar o mundo se eu ganhar. Não posso ficar de fora.” As apostas podem ser feitas até as 16h de segunda-feira (31).

A probabilidade de uma aposta simples, de R$ 3,50, acertar as seis dezenas da Mega-Sena é de uma em 50.063.860, segundo cálculos da Caixa Econômica. As chances aumentam se apostar mais números, o que também aumenta o valor da aposta. A maior, com 15 números, por exemplo, custa R$ 17.517,50 e a chance de ganhar é de uma em 10.003.

Segundo a Caixa, o apostador que ganhar sozinho os R$ 280 milhões e investir na poupança vai garantir R$ 1 milhão por mês.

Vizinho à casa lotérica, o comerciante Giovani Christi, 42 anos, também tem faturado com a presença dos apostadores no local. Ele vende acessórios para celulares e eletrônicos, mas as canetas são os produtos mais procurados pelos apostadores nos últimos dias.

“A caneta da sorte está aqui. O pessoal sempre compra caneta aqui para jogar”, afirmou. Como trabalha ao lado da “Lotérica da Sorte”, sempre que pode faz uma fezinha. Para a Mega da Virada ainda não apostou, mas disse que fará até segunda-feira, o último dia para apostas na Mega da Virada.

Sobre os planos para o prêmio milionário, Christi disse que se ganhar vai doar metade para os refugiados que vivem nos territórios palestinos, na fronteira com Israel, no Oriente Médio. “Temos uma dívida histórica com aquele povo”, afirmou o comerciante, que é neto de árabe. Com a outra metade, o comerciante disse que pretende expandir a sua loja, mas em Parelheiros. Com informações da Folhapress.

 

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


8 − = cinco

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>