Arquivos do Autor: admin

Pedacinho de saudade

carnaval

  Por Anco Márcio – em 01/06/2010 às 00h00 Escrevo com a mesma tristeza que tinha, quando brincava Carnaval na minha mocidade. Pra mim a terça feira, último dia dos festejos do chamado Rei Momo, que parece nem existir mais, traz em si uma enorme dose de saudade e lembrança. Lembranças dos meus velhos carnavais, de vinte, trinta anos atrás. ... Leia Mais »

Meu Natal de criança…

natal de criança

  Por Anco Márcio – em 24/12/2007 às 00h00 Nesse tempo de Natal eu me lembro do meu tempo de criança em Ingá do Bacamarte, magro, mirrado, cabeça grande, mas um menino feliz. Eu ajudava Padre Zé Paulo na missa em Latim e sabia tudo de cor.Com certeza essa foi minha primeira aparição nos palcos da vida.”Introito ad altare Deum” ... Leia Mais »

Coisas da vida…

coisasdavida_400x400-gif

Por Anco Márcio – em 30/01/2009 às 00h00 Um belo dia, ou um horrível dia, a gente nasce. Nasce reclamando, chorando, morrendo de má vontade de sair do conforto da barriga da mãe para um mundo hostil que a gente desconhece por completo.Mas a gente tem que nascer mesmo e nasce.No começo todo mundo mima, agrada e acha bonitinho. Aos ... Leia Mais »

DEPOIS DA MORTE

depois da morte

Por Anco Márcio – em 15/03/2011 às 19h43   Aos sessenta e seis anos, teoricamente, estou mais perto da morte que meu neto que só tem cinco. Correto? Pra mim, sim. Tanto que ultimamente tenho pensado mais na morte do que quando eu tinha vinte , trinta quarenta anos, quando parece que eu achava que a vida seria eterna. De ... Leia Mais »

Qual será o futuro do jornal impresso?

jornal impresso

Por Anco Márcio – em 15/03/2006 às 00h00 Eu sou um homem de jornal. Sempre fui um homem de jornal.Aos dezesseis anos já escrevia no “Correio” à convite de Bosco Gaspar, uma coluna sobre teatro.Depois fui ser repórter, redator, colunista, sócio de jornal(em “Edição Extra”) dono de jornal (no “Jornal de Festa”) e diretor de jornal (em “A União”). Se ... Leia Mais »

Ao Mestre com carinho…

altimar pim

Por Anco Márcio – em 22/02/2008  Nem bem eu havia me refeito da morte de Balula e eis que recebo com o maior dos pesares, a morte de meu Mestre Altimar. Ele foi por assim dizer meu pai no teatro, pelo menos como autor, pois minha primeira peça foi ele quem analisou com aquela calma sacerdotal e o olhar verde ... Leia Mais »

Os doces anjinhos com Síndrome de Down

sindrome

Por Anco Márcio – em 06/04/2007 às 00h00 Na minha rua tem uma menina com Síndrome de Down. Deve ter uns sete ou oito aninhos,anda com uma babá.Perguntei seu nome e toda vez que ela passa, lhe cumprimento.Recebo sempre um sorriso amistoso e um chau meio desajeitado.Não sei por que, mas tenho a impressão de que a menina é um anjo do ... Leia Mais »

A inexplicável preguiça que nos traz o domingo

domingo

Por Anco Márcio – em 04/08/2007 às 04h04 Para a maioria das pessoas, domingo é dia de descanso. Mas há os que trabalham nele. O pessoal da limpeza, dos bares e restaurantes, de rádio, de jornal. Mas para a maioria, domingo significa pernas pro ar e uma doce e densa preguiça toma conta da gente. Parece que não vamos fazer ... Leia Mais »

Morte, essa certeza…

morte certeza

Por Anco Márcio – em 04/02/2010 às 00h00 A gente nasce, cresce e morre. Tem uns que não crescem muito.São os anões.Mas via de regra todo mundo cresce e morre.Isso quando o desenlace não ocorre antes de crescermos completamente, morremos criança, o que é uma dor enorme pois as crianças nunca deveriam morrer por nenhum motivo. Ninguém aceita a morte, ... Leia Mais »