Arquivos do Autor: Humberto

Um Belo dia: Hoje o Belo aniversaria!

ABEL NA CADEIRA PISICA MUITO BOA-ANIMATION

O tempo passa e voa, mas o Belo Abel continua levando a vida numa boa!  Nós que o amamos sem limites de avô para neto e pais para filhos e irmãos para amigos e irmãos, sabemos como é maravilhosa a companhia dessa “pessoinha”, como assim a minha doce filha, mãe do Belo, chama os seus pequenos, que somente nos traz ... Leia Mais »

a minha charge falada

nani candidatos

serei dessa vez sincero ao dizer que sucinto serei. vou tentar.  o espaço de charges no eu plural foi feito para dispensar as palavras. o silêncio. esse que é meu característico deveria silenciar ainda mais (sic). no entanto, adversativa que raramente uso neste espaço singular que me é tão plural, diante de algumas charges ou cartuns, esses dedos malabaristas não ... Leia Mais »

A gentileza do Gonzaguinha com um profeta que pouco de Gentileza tinha…

gentileza

Vou seguindo de quarentena. Quaretenando. Tudo vendo e outras  revendo.Assim, vou logo confessando que gosto e muito dessa música de Gonzaguinha. Cantada por ele ou não. Mas, por ele, em especial. Uma letra somente ternura. Numa gravação em que o Gonzaguinha estava ternura.  E “cantando “melhor ainda.  Sentiram as aspas. Isso porque, na verdade, Gonzaguinha nunca cantou.   Um dia, em ... Leia Mais »

deságua a poesia no varadouro do poeta políbio!

centro_historico_ noite

isso mesmo. hoje amanheci somente vontade de ler/reler os poetas que eu mais gosto. amanhã será a vez de outros. e entre esses, não poderia esquecer, o meu quintana. agora fico com os poetas daqui de pertinho que soam e ressoam no mundo. nada de “poetas parahybanos”. do mundo. poeta não tem essa de ser de um lugar definido. daqui e ... Leia Mais »

fui sem medo e sem medo estou!

vai sem medo

sou teimoso. muito.  mas embora com essa teimosia toda achei por bem perguntar: e corona? ele me respondeu naquele tom conciliador de médico e amigo: ora, 1berto! o nível é o mesmo de um passeio pelo centro da cidade. parei. trocando em miúdos, como assim costumo dizer, mesmo que não tenha dito, ele acabou de me dizer que “viver é correr ... Leia Mais »

os meus orgulho em carne e osso e gratidão!

IMG_20200728_092314308_HDR

se não fossem eles, juro que não saberia que existia o dia dos avós. também sei que muitos poucos lerão essas mal-traçadas somente orgulho da filha que tenho e dos netos que ela deu para esse avô-corujão. acho que é isso  o que dizem por aí: avô-coruja. agora,  se junto ou separado, pouco importa – sou corujão mesmo.  mas duvido ... Leia Mais »