Arquivos do Autor: Humberto

HOJE SEM TIRAR NEM BOTAR FICO COM TIÃO LUCENA!

capa do que me

1berto de Almeida lança livro hoje no Sesc Praia Postado por Tião Lucena, 28 de Novembro de 2014 às 05:18 Ele é feio assim mas não morde, ao contrário, torna-se bonito com cinco minutos de conversa.E quando escreve,então,amolece o coração do homem bruto e da mulher carente.1berto de Almeida é uma jóia rara nesse mundão sem jóias e cheio de ... Leia Mais »

Sesc realiza solenidade de lançamento de livro e show musical

capa do que me

Sesc realiza solenidade de lançamento do livro de crônicas do jornalista Humberto de Almeida Nesta sexta-feira, 28, o Centro de Turismo e Lazer Sesc Cabo Branco, na orla da Capital, recebe o lançamento do livro de crônicas do jornalista Humberto de Almeida. O que me restou do silêncio… é um conjunto de crônicas na área de cultura e do cotidiano ... Leia Mais »

O gato homem de quatro vidas!

atropelamento-chines

Um homem nasceu de novo, no mínimo, três vezes na China. Ao tentar atravessar uma via, o pedestre foi atropelado por três veículos e incrivelmente sobreviveu. Câmeras de segurança na China flagraram o momento em que um homem é atropelado por três carros enquanto tentava cruzar uma via movimentada. Apesar da gravidade do incidente, o pedestre conseguiu sobreviver. Identificado como ... Leia Mais »

A família do Amarildo foi indenizada ? Então não se fala mais nisso!

o negro desaparecido da família indenizada

A história é difícil de esquecer. Mas bem que poderia ter sido lembrada nesse festejado Dia da Consciência Negra. Há um ano, o pedreiro negro Amarildo Dias foi arrancado de sua casa, torturado e morto pela polícia “pacificadora” carioca. Atentem para o fato: “Pacificadora” Seu corpo continua desaparecido. Agora, passado todo esse tempo, finalmente, a justiça que sempre tarda e ... Leia Mais »

tudo o que me restou do silêncio: o silêncio!

capa do que me

Não queria “errar no bronze”. Não pretendo. Não quero. Mas o meu amigo e parceiro e irmão Gil de Rosa, por muito tempo pedindo para este escriba juntar as suas coisas e publicar num só “capa dura”, resolvi, então, editar  “O que me restou do silêncio…”, o primeiro e talvez o último, a ser lançando na próxima sexta-feira, dia 28, ... Leia Mais »

Tudo começou em Jaguaribe…

jaguaribe um  foto feira

 Quando eu nasci um anjo morto – ou quase – desses que andam por aí ensaiando novos voos, deve ter dito para este escriba: “vai, 1berto, morrer de saudades do teu bairro pela vida!”. Foi profético como devem ser todos os anjos! Sabia esse sujeito alado que o meu bairro Jaguaribe não demoraria muito em virar apenas uma fotografia desbotada ... Leia Mais »