Cadê a independência e coragem?

Cadê a independência e coragem?

Dá nojo ver que jornalistas tão bons optaram por outra profissão mais lucrativa e menos – muito  – digna para sobreviverem. O puxa-saquismo. A babação  de ovo. Agora mesmo  passou um por mim salivando como um vira-lata que acabou de atravessar o deserto do Atacama.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


+ quatro = 5

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>