Ciclovia é para amadores! Elas são profissionais

Ciclovia é para amadores! Elas são profissionais

Uma confissão para início de conversa: até que eu gosto de algumas posições da vereadora Sandra Marrocos. Algumas, repito: algumas. E essas para que não entendam mal, são políticas, essencialmente políticas. E, por favor, vocês que tudo interpretam (eu disse “interpretam”) mal, também assim interpretem.  

prostituta otima

 

Agora, acostumado a ouvir as melhores piadas feitas e outras improvisadas pelos nossos políticos, com alguns se achando mais humoristas que o mestre Chico Anysio, leio que a boa Sandra soltou os cachorros ao saber que vão construir – ou construíram – uma ciclovia no espaço que todos sabem pertencer as “profissionais do sexo”. A coisa tá feia. E o feio, como naquele verso bestinha da canção popular, não é bonito.

 

                                                                                                               prostituta também boa 

Em primeira mão, eu que morro de sorrir para ressuscitar gargalhando quando escuto alguém chamar Favela de “Aglomerado subnormal”, eufemismo que acho ene vezes pior que o uso do nome por todos conhecido e respeitado   (Favela), criado pelo IBGE (meu Deus!), acho esse negócio de “profissionais do sexo” outro eufemismo nada arretado. Agora que é bonito, não tenho dúvidas.

 

Porém, talvez por isso mesmo, algumas “profissionais” conscientes de sua beleza, isto é, desse eufemismo, vem cobrando tão caro. Mas peraí, peraí… PERAÍ mesmo! Não falo por experiência própria. Vou logo avisando. Não uso os “serviços” dela” E, se um Dia os usei (sic), esse que não me lembro, tenho a certeza de que paguei muito bem pelos serviços prestados.

 

                                                                                                                            prostituto muito boa

A verdade é que, leigo no assunto, confesso que não saber ainda em que uma ciclovia, construída num espaço público, iria atrapalhar as belas – algumas são belas mesmo – mariposas que por ali “Fica dando vorta em vorta da lâmpida pra se esquentar”. Isso mesmo, meu bom Tião de Deus, moras pr’esses lados e sabes muito bem.  Não raras vezes ali sopra um vento lascado de frio.

 

 E sabem que Sandra Marrocos tem razão ?! Tô com ela e elas e não abro! A via por elas – as “profissionais do sexo” – abertas é mais importante e faz mais bem que qualquer outra aberta para esses filhos de papai e filhos de outras mães. Tô contigo, Sandra, elas não devem abrir nem para um trem carregado de… bicicletas!

 

Em tempo: se tempo vocês tiverem, visitem humbertodealmedia.com.br

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


um × = 5

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>