Concordo: eles não mereceram

Concordo: eles não mereceram

De Bruno Carmelo

s filmes que levaram a estatueta para casa injustamente.

Recentemente, o AdoroCinema trouxe uma matéria especial destacando os atores e atrizes que venceram o Oscar, mas não mereciam a estatueta. Agora, com a cerimônia de 2016 chegando, nós lembramos os títulos que não mereciam de jeito nenhum o Oscar de melhor filme, mas acabaram levando a estatueta para casa. Ê, mundo injusto…

1. Crash – No Limite (2004)

Uma das vitórias mais chocantes da história do Oscar. O mediano Crash foi consagrado vencedor numa cerimônia em que absolutamente todos os outros concorrentes eram melhores: O Segredo de Brokeback Mountain, Capote, Boa Noite e Boa Sorte e Munique. O resultado foi tão injusto que o próprio diretor de Crash, Paul Haggis, assumiu que seu filme não era o melhor concorrente, afirmando que ele mesmo teria votado em outro filme.

Outra possibilidade, muito discutida na época, foi um suposto complô da ala conservadora dos votantes para impedir a vitória de O Segredo de Brokeback Mountain, com protagonistas gays. Será que, além de racista, o Oscar também pode ser considerado homofóbico?

2. Shakespeare Apaixonado (1998)

Gwyneth Paltrow já estava na nossa lista de atrizes que ganharam o Oscar injustamente, mas o filme não podia faltar nesta nova matéria especial. Como um drama tão simples quanto esse vence sete estatuetas?

Não foi por falta de bons concorrentes: este ano também tinha Steven Spielberg concorrendo com O Resgate do Soldado Ryan, Terrence Malick com Além da Linha Vermelha e mesmo Elizabeth, outra opção no gênero “drama de época”. Falar que Shakespeare Apaixonado é melhor que todos esses parece brincadeira.

3. O Discurso do Rei (2010)

OK, O Discurso do Rei é bacana, e Colin Firth atua muito bem – embora o filme não seja muito memorável, e dificilmente vai marcar a história do cinema. Mas a vitória do drama de Tom Hooper foi chocante porque concorria com nove outros candidatos (a Academia foi generosa esse ano).

Quer saber quais filmes perderam a estatueta para ele? Cisne Negro, A Rede Social, Toy Story 3, O Vencedor, Bravura Indômita… Todos eles muito mais interessantes que a história do rei gago.

4. Dança com Lobos (1990)

Hoje, o drama com Kevin Costner se tornou um título básico para ver na televisão à tarde, apesar das mais de três horas de duração. Mas 26 anos atrás, a Academia considerou a história do herói americano um filme digno dos principais Oscar, incluindo também melhor diretor, melhor roteiro…

Mas o problema é que este ano também tinha filmes muito mais importantes, como Os Bons Companheiros e O Poderoso Chefão 3! Dá para acreditar que Coppola e Scorsese perderam a briga?

5. Como Era Verde o Meu Vale (1941)

Essa injustiça foi há um tempão, mas ela não será esquecida tão cedo. Por melhor que seja o filme de John Ford – que é de fato muito bom – nada justifica ele tirar a estatueta de uma das melhores produções da história do cinema: Cidadão Kane!

Para quem acha pouco, outro clássico também perdeu o Oscar este mesmo ano: Relíquia Macabra, de John Huston. Absurdo

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Um comentário

  1. Vera Esther Jandir da Costa Ireland

    Não conheço todos. Mas, talvez pela minha ligação com a Inglaterra, eu simplesmente amei O discurso do Rei. É daquele jeito mesmo, nunca vi retratarem a realidade de forma tão artística. Já o vi mais de uma vez. E o tenho em casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


× 5 = vinte cinco

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>