Depois do trabalho,  a vez do jejum Intermitente!

Depois do trabalho,  a vez do jejum Intermitente!

Decidiu aderir ao jejum intermitente? Então não cometa estes erros

O jejum intermitente consiste em fazer todas as refeições num determinado período de tempo, permanecendo em jejum entre oito a 16 horas até à próxima refeição. Embora não seja indicado a qualquer pessoa, trata-se de uma das dietas mais faladas do momento e, quando o acompanhamento não é feito por um profissional e de forma adequada, esta dieta está sujeita a muitos erros.

Um dos piores erros é a escolha dos horários, isto é, apesar de o período de jejum ser mais longo do que o de alimentação, não se deve jejuar durante o período de intensa atividade, pois isto pode comprometer o funcionamento do organismo. O ideal é aproveitar a noite para fazer o jejum.

De acordo com o Deporte y Vida do jornal As, outro erro comum é querer passar de um plano alimentar em que se come a cada três horas para um jejum intermitente sem uma transição adequada, privando o organismo de energia. O processo de mudança não pode ser imediato, deve ser o mais gradual possível.

Cair facilmente na tentação de quebrar o jejum com um petisco é outro erro comum, assim como comer muito no período destinado às refeições. Nos primeiros dias, há ainda quem coma muito e ainda escolha mal os alimentos, optando por fast-food e colocando todo os benefícios do jejum em risco.

Mas se comer muito e mal é um erro, comer pouco é igualmente prejudicial, uma vez que o corpo não vai receber combustível suficiente para ter energia durante os momentos de jejum.

 

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


8 − três =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>