“Deus, você não existe”!

“Deus, você não existe”!

É preciso que não vejamos Deus sempre com essa pose de quem está a toda hora nos repreendendo e chamando a atenção para os nossos pecados.  Vamos acabar com isso. Não aceito o que dizem por aí.  Temer e respeitar são coisas diferentes.  Precisamos deixar de ver  Deus com aquele ar ameaçador de “Olhem que estou de olho em vocês! ”. Particularmente, sem lembrar a história do “puxar da sardinha” para a nossa brasa, mora?, não sei se o mesmo acontece com vocês. Mas não quero nem vejo o meu Deus com a cara de quem “comeu e não gostou”.

Ora, 1berto, como, afinal, vês o teu Deus ?

deus-stand-up

Não raras vezes como aquele velho –  Ele nunca envelhece! – bonachão, barba grande e branca a la Papai Noel,  um sorriso manso de quem sabe o final de todas as piadas e mesmo assim sorri como se fosse a primeira vez que as estivesse ouvindo. Essa do Adão é espetacular!  Deus deve ter gargalhado (Deus também gargalha!).

Acredito não ser a primeira vez que estou postando aqui esse cartum. E duvido que não desperte em pelo menos um dos meus dois leitores um sorriso matreiro. Aviso: não se estar brincando com Deus, estar-se apenas fazendo com Ele e a Sua permissão uma brincadeira.  Volto a dizer que a religião no humor é liberdade de sorrisão. Nada de expressão. A crença em Deus deve ser levada a sério? Tudo bem. Deus, porém, por mais que uns não queiram também tem e gosta do bom humor.

Adão é craque e Deus é único de bom humor!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


× um = 1

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>