E ASSIM ELE SEGUE TOCANDO A VIDA…

E ASSIM ELE SEGUE TOCANDO A VIDA…

video dapenha

Nada acontece por acaso. Nada. Ora, nada mesmo!  Nada na terra ou no mar.! Acreditar no acaso é negar que existe alguém usando esse pseudônimo por não desejar ser conhecido. Não precisa. Ele é o Ser.  O verbo. Ser ou não ser ? Ele sempre foi. 

 Pois é, mexendo nos meus alfarrábios acabei por encontrar essa gravação de tempos idos, mas nunca esquecidos. Ora, eu que vivo entre a música e o silêncio, sem pensar duas vezes, sentindo-me tocado pelo recado, achei por bem espalhar neste novo e singular espaço Plural.

 Tudo bem. Talvez nenhuma importância tenha para um dos meus dois leitores. Talvez mesmo os dois. Pouco importa. O espaço é plural. E embora diferente do silêncio que é capaz de conter tudo, também nessa sua singularidade ele continua mais Plural do que nunca. Tudo cabe. Inclusive o silencio. O canto do violonista e principalmente o silêncio em cada nota, ah, esses cabem também aqui muito bem.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


três + = 10

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>