eles foram o inesperado da supresa!

eles foram o inesperado da supresa!

Não sei se vocês se lembram do “inesperado da surpresa” que o Johnny Alf descobriu e nunca mais deixou de ser uma bela surpresa na história da melhor música popular brasileira.  Não sabem ou não lembram? Então bro o jogo: é  aquela do “Fica, oh, brisa fica, /pois talvez quem sabe/O inesperado faça uma surpresa”. rosa e eu dois

 Pois bem. O inesperado hoje nos fez uma bela surpresa.  Entrego o jogo mais uma vez: falo do  inesperado da bela “Eu e a brisa”. Quando a gente menos esperava, quem apareceu? Os bons e eternamente bons Dapenha, o meu dileto irmão, e Ayrton, dileto sobrinho meu! Dois sujeitos que ocupam os nossos corações sem pagar aluguel,  e sem  nenhuma chance de serem despejados por falta de pagamento.

 Que ótima e bela surpresa! Não poderia ser um “inesperado” melhor. Não sabe aqueles sujeitos que chegam e se o teu astral estiver lá embaixo achando que ao puxar a descarga do teu banheiro o mundo vai descer e te levar nessa descida eles te dão um “up” que te coloca no pico da mais alta montanha?! Pois é. Eles consertam a tua frase, enorme e malfeita como o hino nacional, como é o caso dessa, e tu ficas te sentindo como dono de um texto melhor que o de Graciliano Ramos.

Foi assim mesmo que eles chegaram. A Rosa e eu não estávamos nem aí para o bem o que eles trariam para o nosso jardim. Mas, sinceramente, nenhuma surpresa. Assim como todo sábado é assim para o insosso Fábio Júnior, todas às vezes que por aqui eles chegam, diferente desse sujeito sem graça, fazem diferente o dia, transformam para melhor um dia que já estava bom. Toram-se essa inesperada surpresa que todo todos gostariam esperar.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


7 − dois =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>