ele teria até mesmo uma mistura que mandasse o corona a casa de quem o pariu!

O tempo passa e a gente voa! No dia 10 de janeiro de 2010, portanto, há mais de 10 anos, postei esse vídeo aí logo depois que cheguei da “minha” feira de Oitizeiro. Trocando em miúdos: o tempo não pára e quem envelhece é a gente. Nem sei mais por onde esse “mágico das plantas” anda. Nem pela vez dele sabe esse mágico onde anda este MB.

Sei que apesar dos tropeços que a vida nos prega colocando o seu pé de foice em nosso caminho quando menos esperamos, estou por aqui na minha ilha cercada de livros e filmes e discos por todos os lados, consciente de que navegar não é mais preciso. O que precisamos mesmo é de viver. Aprendi e faz tempo que vivo assim: sem navegar.

Esse mágico era capaz de tudo. Acredito mesmo que se vivo ainda estiver, e rogo a Deus para que isso aconteça, nem será preciso ir muito longe para se encontrar um eficaz remédio para esse mal-corona que está acabando a humanidade pelas beiras. Sem dúvidas. Ele terá em uma de suas milagrosas garrafadas capaz de matar esse vírus que está sendo mais que nunca letal para a humanidade.

Na divulgação de suas invenções garrafais ele dirá que a mistura que faz e dela guarda segredo, é capaz de o corona matar na primeira golada. Esperar a vacina? Nem pensar. A vacina está na sua natureza do pesquisador dessa natureza que é a farmácia deixada por Deus para os homens que nele acreditam. São dez anos sem tomar os remédios milagrosos desse mágico das plantas e artista da palavra que convence. Dez anos consciente de que o meu tempo ainda é hoje e que o amanhã é incerto.

Sou grato e muito pelos dez anos sem precisar de sua mistura para curar a fé que carrego comigo de melhores dias.  Dez anos de histórias pescadas nas manhãs de sol no meu quintal onde pássaros preferem passear a bater asas em direção ao infinito. Sou grato. Agradecer é próprio das pessoas felizes. Agradeço por esses e outros anos que sei merecer viver com a permissão dele. Tudo sem a sua – desse milagreiro – sem precisar tomar a sua mistura milagrosa.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


9 − seis =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>