o que acontece depois dos 40

o que acontece depois dos 40

eu plural – não vou dizer que o conheço de longas datas. seria mentira. o seu texto mais famoso – esse aí, intitulado de “já não tenho paciência” – há um bom tempo. josé micard teixeira nasceu a 1 de dezembro de 1961, em aveiro, portugal. portanto, ainda é um “jovem” escritor. também não tenho nenhum de seus livros. são seis. e todos com títulos que não despertam o meu interesse. nenhum. aprenda a viver sem medo e aprenda a viver sem stress. dê umjose-micard-teixeita-meryl-streep-quote novo sentido à sua vida e saiba como mudar a sua vida. entre muitas verdades e alguns segredos. um só ainda não li. os títulos me levam muito para a perigosa seara da autoajuda.  mas o texto que lhe fez mais famoso que os livros que escreveu é muito bom. e o tornou mais conhecido ainda pela divulgação do mesmo feita por maryl streep e meghan markle, a princesa (sic). mas vale a pena conhecer o “velho” desabafo do escritor. também concordo com ele. se não concordasse, para ele, nenhuma importância teria. sei. mas que vale a pena a sua – do texto –  leitura eu não tenho a menor dúvida. leia.  concorda com ele ou não? – 1berto de almeida

 

josé

 

Já não tenho mais paciência

(“I no longer”)

(José Micard Teixeira)

 

“Já não tenho paciência para algumas coisas, não porque me tenha tornado arrogante, mas simplesmente porque cheguei a um ponto da minha vida em que não me apetece perder mais tempo com aquilo que me desagrada ou fere.

Já não tenho pachorra para cinismo, críticas em excesso e exigências de qualquer natureza. Perdi a vontade de agradar a quem não agrado, de amar quem não me ama, de sorrir para quem quer retirar-me o sorriso.

Já não dedico um minuto que seja a quem me mente ou quer manipular. Decidi não conviver mais com pretensiosismo, hipocrisia, desonestidade e elogios baratos.

Já não consigo tolerar eruditismo selectivo e altivez académica. Não compactuo mais com bairrismo ou coscuvilhice. Não suporto conflitos e comparações. Acredito num mundo de opostos e por isso evito pessoas de carácter rígido e inflexível.

Na Amizade desagrada-me a falta de lealdade e a traição. Não lido nada bem com quem não sabe elogiar ou incentivar. Os exageros aborrecem-me e tenho dificuldade em aceitar quem não gosta de animais. E acima de tudo já não tenho paciência nenhuma para quem não merece a minha paciência.”

( José Micard Teixeira, escritor português.)

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Um comentário

  1. Excelente texto nobre ‘malabarista’ de palavras. O mais interessante é que estou me sentindo exatamente como o autor do texto nesses últimos três meses. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


× sete = 42

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>