Faça uma lista de velhos e novos amigos … Eles merecem.

Sempre gostei de Oswaldo Montenegro. Sem dúvidas um dos melhores compositores dessa nova safra de “menestréis” que já envelheceu. Um bom letrista e melodicamente muito acima da média. Suas composições seguem a boa linha dos contadores de história e reflexões sobre a vida e sonhos dos viventes. “Lua e flor!”, “Agonia”, “Bandolins” e essa agora, A Lista, infelizmente (?) são as mais conhecidas desse carioca que vive o mundo dele sem estar aí para o que acontece no mundo lá fora.

Nada da história de que todo artista deve usar a sua arte em defesa disso ou daquilo. O  famigerado “engajamento”. Oswaldo Montenegro é um compositor compromissado apenas com a arte de compor e cantar. E faz isso muito bem. Nada mais. A lista pode ser até uma musiquinha – e é – que tem uma  letra bem feita e estudada. Porém, mesmo assim, “A lista” entrou para a lista das músicas de Oswaldo Montenegro que costumo escutar.

Lembro-me mais do bom Oswaldo Montenegro –  “Projeto Seis e Meia”- ao lado de Vital Lima – por onde andará – e Marlui Miranda– por onde andará também? Ah, dele eu gosto também de ”Quem havia de dizer”: “E quando de repente atravessando/A mesma rua engarrafada/A gente se encontrar/Eu sei que você vai imaginar/Que como fazem na TV/Uma canção romântica há de vir no ar/Selar o encontro que o corpo sente”.

Hoje, sábado, lá fora está chovendo, mas mesmo assim eu vou correndo só pra ver o meu amor. Pausa. É  “A Lista”, essa bonita composição  musical que se quiserem poderão ouvir aqui, quem me pega nesse momento.

É a lembrança atual de Oswaldo Montenegro.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


− cinco = 0

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>