FERNANDO E PEDRINA: O CASAL AMIGO/IRMÃO DA RUA DOS ITALIANOS!
esses são os caras! os verdadeiros!

FERNANDO E PEDRINA: O CASAL AMIGO/IRMÃO DA RUA DOS ITALIANOS!

“Com fé em Deus, meu amigo-irmão, nem preciso dizer que ganhaste uma nova irmã, que é o caso da Pedrina. Ela te adora, você sabe disto. Aqui em casa você é sempre lembrado pela educação, carinho e humildade que transmites. Seu lugar aqui em casa estará sempre disponível. Que Deus nos abençoe sempre!” – Fernando (Galego) Caetano/Pedrina.

 Em primeiro lugar, como dizem alguns que se colocam no lugar segundo, o que não acontece comigo nem com os amigos que carrego dentro do peito, confesso não ter pedido permissão Ao casal irmão/amigo para expor aqui esse sincero desejo aí espalhado. O casal amigo/irmão? Galego, o Fernando Caetano para os menos íntimos, nascido na nossa Província das Acácias, e Pedrina, essa bela figura nascida em Ribeirão Preto (SP).

 Sei também que um dos meus dois leitores, pois o outro há muito sabe do meu respeito e gratidão por ter esse casal como amigo/irmão, não conhece ainda essa minha melhor referência da Pauliceia Desvairada. Uma confissão? Faço: li emocionado esse afeto nas linhas e entrelinhas de suas palavras.

 Seria isso o que muitos chamam de “massagem no ego”? Nem pensar. Não passa por aí. Porém, uma coisa, sem cabotinismo, posso dizer para esse leitor que não me conhece nem um pouco também conhece esse casal amigo meu: Pedrina e Galego se mudaram para o meu peito-morada e dele nunca mais sairão!

 Se isso me faz mais gente e estimula este Malabarista de Palavras a ser mais gente ainda? Nenhuma dúvida. Saber que o silêncio dividido com esse belo casal mais que compartilhado multiplicado ele foi, é tão bom que não se pode fazer outra coisa a não ser agradecer pela companhia dele e saber que aqui ou em alhures estaremos  sempre bem acompanhados!

Sei não. Mas algumas coisas tem que acontecer para descobrirmos  que podemos mudar para melhor. Faz bem pouco tempo que repeti essas palavras, sentindo-as como se fossem as mais belas deste mundo: “Precisamos que alguma coisa aconteça com a gente, para que também possamos acontecer como um ser/projeto de Deus melhorado”! Ah, e comigo tem acontecido.

 Agora com essa declaração de amizade – nem precisava – expressa por casal amigo/irmão, tenho certeza de que outras ótimas coisas acontecerão nesse ano que se inicia! Ou melhor: estão acontecendo! Pois é, se vocês não sabem, agora fiquem sabendo: sou um sujeito em eterno estado de gratidão! Um  tipo que agradece todo dia por ter mais um dia para buscar o sujeito melhor que mora dentro de dele!

Sentiram? Pois é. Agradecido pelas sinceras palavras do casal irmão/amigo Galego – Fernando Caetano – e Pedrina, só me resta muito grato continuar sendo: obrigado, amigos, qualquer dia a gente se (re) encontra! E acreditem: andava precisando mesmo de pessoas assim!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


um × 1 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>