FULÔ MIMOSA Comemora o São Pedro

FULÔ MIMOSA Comemora o São Pedro

Neste final de semana o grupo Fulô Mimosa fará duas apresentações comemorando o São Pedro, nos dias 29 de junho de 2018 (sexta-feira), às 22h, no Forró dos Fulanos-Vila do Porto, num participação especial, e 30 de junho de 2018 (sábado), às 22h, no Trilhas bar, em Mangabeira, com show completo.

O grupo musical FULÔ MIMOSA, fundado em 11 de julho de 2016, tem em sua formação cantoras/instrumentistas, estudantes e professoras de música, e desabrocham com a missão de “ispaiar pelo mei do mundo” com qualidade, eficiência, compromisso e, principalmente profissionalismo, o que temos de autêntico na nossa cena cultural.  O grupo surgiu da vontade do maestro Chiquito em desenvolver um trabalho vocal, fugindo do típico quarteto clássico, e do interesse de Thay Fernandes em aprender e fazer música nordestina, com um diferencial nesta formação, composta por 7(sete) mulheres e 1(um) homem, (sanfona, flauta, agogô, triangulo, zabumba, cavaquinho e violão) e trabalhando as vozes.

fulo dois participaçãoPreservando a memória e o estimulo de uma arte essencialmente vinda da cultura de um povo, as MIMOSAS do maestro Chiquito celebram as tradições musicais nordestinas, em especial o forró, o aboio, as emboladas, as vaquejadas, as cantorias, as romarias e outras manifestações da nossa terra que nos inspiram.  O FULÔ MIMOSA abre as porteiras do Sertão, Cariri, Brejo e Agreste para que todos desfrutem, no arrastar das “apragatas”, dessa beleza que é o nosso Nordeste.

O repertório apresenta grandes mestres da música brasileira, essencialmente nordestina, como Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Antônio Barros e Ceceu, Pinto do Acordeon, Flávio José, Jackson do Pandeiro e outros.   As músicas são releituras arranjadas sob a sensível perspectiva do maestro Chiquito, fazendo parte também do repertório músicas compostas de autoria do próprio maestro.

O Fulô Mimosa, apesar de pouco tempo de formação, já se apresentou em vários locais na cidade de João Pessoa, como Sala Wladimir Carvalho, na Usina Cultural Energisa, Pizzaria Capitão Farinha no bairro de Jaguaribe, Espaço Cultural (FUNESC), Manaíra Shopping, gravou programa Sala de Reboco, Cantos e Contos no Bessa Grill e Chopp Time e no programa Thereza Madalena. Fez ainda apresentações nas cidades de Santa Luzia, no São João da Prefeitura; no Conde, no São João cultural da Prefeitura, em Campina Grande, no Sítio São João.

O maestro Chiquito é natural de Santa Luzia, cidade do seridó paraibano. Fundou bandas de músicas em colégios e participou de bandas de baile, além de integrar a tradicional Banda 23 de Maio de Santa Luzia, onde aprendeu as primeiras notas musicais com o maestro Ernani da Veiga. Tem bacharelado em música pela Universidade Federal da Paraíba em trompete (Piston). Tocou na banda 5 de agosto, fundou um dos maiores equipamentos culturais da Paraíba, a Metalúrgica Filipéia, no formato Big Band. Chiquito destaca-se como arranjador, produzindo uma gama de materiais, que levam a sua marca, sobretudo nas festividades carnavalescas e juninas, criando arranjos para frevos, forrós e outros ritmos regionais. Também participou da fundação de vários grupos na Paraíba Clã Brasil, Orquestra PB-JAZZ, Orquestra Sanfônica do Cariri, Orquestra Toque de Vida, Charanga Baraúna, Conjunto os Gênios.  Hoje o Maestro é coordenador do Coro Sinfônico da Paraíba e faz parte da Orquestra Sinfônica da Paraíba, e sua criação mais recente é o grupo FULÔ MIMOSA.

O maestro tem sua trajetória contada no livro-reportagem “Maestro Chiquito: O Metalúrgico dos Sons”, escrito pelo jornalista e compositor Adeildo Vieira, como trabalho final do mestrado em jornalismo, pela Universidade Federal da Paraíba. Este trabalho está disponível no formato e-book, produzido pelo Programa de Pós-Graduação em Jornalismo, e editorado pelo LAJE-Laboratório de Jornalismo e Editoração-UFPB. Para ler o livro, basta acessar: https://goo.gl/HRffNO.

Pensando no desenvolvimento, valorização e difusão desta música de tradição nordestina. O grupo Fulô Mimosa cria cenários com shows para preservar essa  arte, oriunda  de  um  povo  de  natureza simples e criativo,  assim contribuindo para formação e continuidade de seus costumes.

O Fulô Mimosa tem sua formação composta por;

1-Harue Tanaka-Sanfona 1

2-Luíza Rosas- Flauta/Flautim

3-Naomi Barroso-Cavaquinho

4-Ingrid Simplício -Violão

5-Priscilla Fernandes-Zabumba

6-Thay Fernandes – Triângulo

7-Naíma Vilôr-Agogô

8-Radson Michell- Sanfona 2

 

Maestro Chiquito: Produção artística

Serviço:

O quê? Fulô Mimosa faz duas apresentações.

Quando? Dias 29 e 30 de junho de 2018 às 22h.

Onde? Na Vila do Porto, no centro histórico de João Pessoa, e no Trilhas bar, próximo ao Trauminha de Mangabeira.

Preço? Vila do Porto R$ 20,  e Trilhas bar R$ 20 e R$ 10.

 

Produção executiva

Rosanna Chaves

(83) 988413290

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


1 + três =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>