Glauber Rocha: Uma Vida Mais Interessante Que os Seus Filmes

Glauber Rocha: Uma Vida Mais Interessante Que os Seus Filmes

 

Amanheci com um livro na mão: A primavera do Dragão – A juventude de Glauber Rocha, de Nelson Mota. Não gosto dos filmes de Glauber. Não sou de viver – nem morrer – mentindo. Nem um. O Dragão da Maldade? Também não. Cinema, para mim, vai continuar sendo entretenimento. Arte? Sem dúvidas. Leio. Concedem-me uma “data vênia”? Tudo bem: acho a vida de Glauber mais interessante que os seus filmes. Ah, o que vocês leem a seguir é Glauber “poeta”. 

 

“Por mais dias que cresça a vida

a saliva da boca e no peito esfolado

consistem verdes mui aguerridos

abrindo as goelas dos condenados.”

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


− quatro = 3

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>