Lauro é terno…

Lauro é terno…

Lauro parece não morar

mais aqui

Ainda mora

Estamos todos distantes

Ele muito próximo.

Mas Lauro não sabe

Não sente

Nós sabemos

E sentimos

Lauro mora  dentro de nós

Vive!

Lauro é duro como José

Não vai morrer nunca

Lauro não vai fugir a galope

Pois não precisa

Lauro cavalga nele  mesmo

É arco e flecha

Sela e cavaleiro

Um dia Lauro vai saber

Que não precisa morrer

Para ser eterno

Lauro é corpo e alma

Sempre bem vestido

Lauro é terno

 

 

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


nove × = 81

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>