lendo ainda a primeira noticía e pensando no “maltrato”

lendo ainda a primeira noticía e pensando no “maltrato”

Leio jornal.  Mania. Hábito. Novidades ? Sempre a mesma coisa: o novo acaba sempre velho. Mais: o novo exala cheiro de velho. Nada contra o velho. Nem contra o moço.  Não tenho. Meu tempo é hoje. Não adianta querer inovar: assim como velho passa, o novo sempre vem.

Leio jornal. A notícia: multa para quem maltrata animais.  O projeto, porém, não fala no tipo de animal. Acho que são os não pensantes e apenas viventes. Multa pra quem maltratar esses. Ficou mais ou mais menos assim: o sujeito, por exemplo, maltratar um cão desses que sonham – eles sonham, – um dia chegar à condição daquela cadelinha bonitinha da Ana Maria Braga, pobre e por vida de cão maltratado, com ou sem dono, paga uma multa de – posso olhar? Obrigado – entre R$ 1.637, 00 e R$ 3.274, 00. Fim de papo. E parágrafo.

Depois desse, o pagamento, tudo é legal.  Nada de imoral. Também não engorda. Apto fica o sujeito a meter o pau em outro cão com ou sem dono. Especialmente sem dono. Pois, sendo eu dono desse cão do pau metido, meto o pau nesse animal que tenho a certeza não ser protegido pelo  projeto.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


seis − = 4

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>