Lendo com chuva, sem suor e sem cerveja, mas com B.B

Lendo com chuva, sem suor e sem cerveja, mas com B.B

O mesmo horário. Sempre. Os olhos estão abertos para um novo dia. Um dia que ainda se veste de sol. Maravilha! Tudo posso ver e fazer existir! A manhã resiste. Estou na minha ilha cercada de livros e discos e filmes por todos os lados.

 Daqui vejo o dia nascer!

Lendo Com Chuva - Logo

 Ah, corra, caminhe sob o sol que está nascendo! Renascendo. Renascimento. O sol nosso de cada dia brilha de acordo com a felicidade dos olhos de cada um.  Esse é mais um dia para agradecer pelo dia que passou e, desde já, por esse que também passará. Todos passarão! Eu? Passarinho!

 Leio nas primeiras horas desse domingo somente chuva. Só rio. Sorrio.  Um domingo somente alegria. É o velho dilema, meu bom Antonio David: tenho mais livros para ler do que tempo para degustar sua – dos livros – leitura. Por isso aproveito as primeiras horas dessa manhã de domingo de sol.

 Leio sobre a vida de B.B.King, o lendário bluesman, dono de um bom gosto que vai além da música que toca. B.B. confessa gostar muito de vinhos e mulheres. Tudo bem. O gosto é dele. Mas prefiro as segundas. Dessas gosto mais.

 B.B. King é o que muitos sabem. Outros poucos, porém, não sabem. Nada mais natural Mas esses que gostam de música, pelo menos esses, deveriam saber. B.B é a evolução do country acústico para o elétrico urbano. O King. Nascimento e explosão do rock’in roll.

 Leio nesse domingo sem sol. Lá fora a chuva não me faz convite. Fizesse não aceitaria. Não é medo da chuva.  Mas sou amigo do sol.  Lá fora está chovendo, mas assim mesmo eu vou correndo só pra (sei do cacófato) ver o sol nascer!  O meu sol! Todos os meus dias começo apostando no ótimo dia que ele será. Esse não será diferente.

 O nome de B.B. King.  Sempre foi uma curiosidade para este menino-jaguaribe. Por que nunca o nome completo, Riley Ben King? Por que somente as duas letras repetidas e famosas? Blues Boy. Somente descobriria anos depois. Blues Boy. O seu “pseudônimo” famoso nos tempos da rádio.

 Música com sol. Chuva Música sob um sol maior. A chuva em si  não é maior que sol.  Tudo nessa manhã chuvosa de domingo. Nenhum medo do fim de semana. Que venha  minha segunda-feira!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


− 4 = quatro

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>