livre como um porsche

livre como um porsche

fosse Millôr Fernandes  parahybano e vivo como sempre foi, diria que o “bem intencionado”  moço Rodolpho Carlos, apesar de atropelar e matar  o agente de trâsito, vai continuar por muito tempo “livre como um taxi”. Pela vez deste “Malabarista de palvavras”, com todo o respeito ao mestre do humor, diria que Rodolpho,  moço rico de familia rica,  iria continuar mais livre ainda: livre como um porsche.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


três − = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>