Medalha do Nobel de volta para o racista…

Medalha do Nobel de volta para o racista…

Alisher Usmanov é russo, bilionário e homem de pouca conversa. Considerado o empresário mais rico de seu país, é dono do time inglês do Arsenal. Agora o seu destino se cruza com o de outro notável personagem: o cientista James Watson, revolucionário da medicina que em 1953 foi um dos descobridores da dupla hélice do DNA. Ou seja: tudo que se tem hoje de avanço científico na área da genética deve-se ao biólogo molecular que ganhou o Prêmio Nobel em 1962. De ares aristocráticos, tez branca e tom de olhos que beira a ardósia, Watson ganhou fama também por seu racismo, sua homofobia e neurastenia – e assim foi perdendo emprego atrás de emprego na comunidade acadêmica. Bateu então a penúria e ele se tornou o primeiro ganhador do Nobel a vender a medalha do prêmio. Usmanov acaba de arrematá-la em um leilão por US$ 4,8 milhões, e fez isso apenas para restituí-la a Watson.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


9 + = quinze

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>