Não me chamo Sísifo!

Não me chamo Sísifo!

Não me Chamo Sísifo. Vocês sabem. Hoje, porém, estou descansando de tudo.  Ou de quase tudo. Cansado. Muito.Lembrei-me nesse instante  dele.  Sísifo. Condenado que fora a rolar uma Pedra desse tamanho ai com as mãos até o cume dessa montanha. Mas era um esforço inútil: ao chegar ao topo, a pedra rolava de volta ao ponto de partida. Um trabalho Inútil. Sempre. Pois é. Não acho que a minha caminhada – leia-se trabalho – até aqui tenha sido Inútil. Não acho. Estou apenas dizendo que estou cansado, e hoje vou tirar o dia para Isso: descansar-me! Preciso e muito! Nada mais a dizer ou escrever. Descansar! Apenas. E quem afinal nunca fez Isso ou disso precisou? Descansar! Estou precisando. Até amanhã ou depois.  Ponho as teclas do meu computador de molho. Voltarei descansado. Espero.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


2 × = oito

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>