No silêncio da noite

No silêncio da noite

Tudo a ver comigo. Detesto barulho. Talvez por isso mesmo não consiga escutar – ouvir é fácil – dupla como os “africanos”. Os dois. O

barulho quase sempre é vazio como um tambor que, mesmo vazio,  faz barulho.

O silêncio. Esse diz tudo que as palavras nunca conseguirão dizer. Uma foto vale mais que mil palavras? Uma foto é visível. Apenas. O silêncio é sentido. E , entre  ver e sentir, vou sempre preferir o segundo.

Pra quê mais palavras? O silêncio, o meu, diz tudo.

Boa noite para todos. Uma noite somente silêncio. É o meu sincero desejo.

Ah, silêncio e paz!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


1 − = zero

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>