O aniversário e a gratidão do aniversariante!
amigos comemoram aniversário deste amigo

O aniversário e a gratidão do aniversariante!

poema aniversariaAlguns sabem – poucos – que no dia 22 de outubro, como dizem por aí, fiz mais uma primavera. Verdade: nasci na Primavera! Pois bem.   Alguns pessimistas, endossando o que um pessimista disse outro dia, acham estranho o ser humano festejar um ano a menos de sua vida. Ó Ledo Ivo engano! E quem foi que disse que a vida se resume apenas em um ano a mais ou a menos? A vida, meus amigos, com a Permissão do Poetinha, é arte do encontro com os… amigos!

E foi o que aconteceu comigo neste último – que espero ser o primeiro de muitos que ainda virão – 22 de Outubro.  Depois da bela festa que a Rosa fez para este escriba, reunindo irmãos, filhos e netos, tudo família, agora veio a família de amigos cagepianos!

Se foi para mim uma surpresa? Mais que isso: um presente que tem o seu  lugar assegurado no futuro.  O meu!  Isso mesmo: os amigos de trabalho – esse nunca que “me dão trabalho” – fizeram-me uma surpresa, e, nessa, o maior presente: a espontaneidade em festejar/lembrar o aniversário deste Malabarista de Palavras (sorri com a citação no belo poema escrito para este aniversariante).

Nessa confraternização, sem palavras que fiquei, pensei, apenas:” celebre (a vida) todos os dias, cada segundo, como toda a existência faz, não existe um momento especial, todos são! Não há nada a fazer senão dançar, curtir e agradecer”. Foi a lembrança de Sidarta Gautama, o célebre e sábio príncipe hindu: curtir e agradecer. Mas, emocionado e agradecido, não disse o que pensava. Nem precisava.

Agora, passado o momento, só me resta agradecer a todos os amigos que comigo estiveram festejando mais um ano de vida. Agradecer pelo fato de estar morando ainda nesta cidade e dividindo com eles o prazer de tê-los morando comigo. Se não os nomearei não é pelo fato de temer que a memória (nessa idade) me falhe. Não. Para os amigos, podem ter certeza, sobretudo no que tange a gratidão, essa nunca falhará.

Pausa.

Uma foto diz mais que mil palavras?! Então essa nada mais precisa dizer.  A emoção e a gratidão e a satisfação do aniversariante em tê-los como amigo, disseram – e dizem – tudo e muito mais:

- Obrigado a todos!

Em tempo: fiz questão de espalhar neste espaço Plural o belo poema pelos amigos escrito Um Poema plural que, por ser de amigos, é para mim um poema singular. E, por favor, não me venham dizer que não é um poema. É! Se em mim provocou emoção e mexeu com os meus sentimentos é um POEMA!

Feliz Aniversário!

Humberto de Almeida é advogado por profissão,

Mas ser Malabarista de Palavras é a sua grande vocação,

É consumidor de arte, jornalista e escritor,

Escreve com capricho, zela pelo primor.

É funcionário de carreira, há 45 anos na labuta,

Conquistou seu espaço e admiração dos colegas que o

Conhecem bem,

e apesar da eloquência com as palavras, não desdenha de ninguém.

Discreto, trata a todos com cortesia,

por ser hoje o seu grande dia,

fizemos essa simples poesia

para celebrarmos mais um ano de sua vida

com muita alegria!

amigos comemoram aniversário deste amigo

amigos comemoram aniversário deste amigo

Em tempo dois: se  fiquei emocionado e agradecido pelos gentis (muita gentileza!) e singelos e genenrosos versos, precisavam ver! emocionado e somente gratidão aos amigos!

 

 

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

2 comentários

  1. Vanda de Cássia Matias

    Todo amigo merece ser homenageado…e você é um desse amigo Humberto …

  2. bom dia,

    Feliz aniversário, Humberto, saúde e paz , parabéns pelo dia 22.10.18 e pela justa homenagem, recebida dos seus colegas e amigos da CAGEPA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


− três = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>