o face vai buscar no book da memória algumas lembranças de 2017!

entrei no face há um bom tempo.  dele sai há um bom tempo também. não sinto falta. assim como de mim falta ele não sente também. mas, vez por outra, ele, o face, insiste em lembrar aqueles tempos de “cachorro solto” e sorriso no copo. hoje, nesse exato momento, estou de molho. mesmo a barba que não uso mais. porém e aí porém, ele insiste: tudo lembrança! e o pior – ou seria o melhor ?- que com as lembranças vem o tempo em que essas nem de longe pensavam em ser lembradas: 2017! isso mesmo! as lembranças ai que seguem não eram lembranças nesse ano. portanto, pela insistência e a minha saída sem data de volta para este espaço, o facebook, só me resta espalhar por aqui velhas lembranças para que essa lembranças deixem de ser.

putabraço para todos! e ótima noite!

ancora
Era um pobre marinheiro/

Que não parava de cantar/

“à minha vida era de mar em mar…”

 

 

lobo cordeiro

- Tá pronto, seu Lobo?

 – não! estou tirando a fantasia de cordeiro!

conciencia dois

Tinha a consciência tão pesada que quando caiu em si nunca mais se levantou.

bolsa

Seu mal foi o de levar a vida dentro bolsa. Quando o bandido lhe disse “a bolsa ou vida” ele ficou sem opção.

humberto nome sig

O nome “HUMBERTO” significa “gigante de grande força”. Tudo a ver com o meu “aqui e agora”: ser gigante e forte…

 

ato_falho

Aqui no meu trabalho/
cada peça que imagino/ 
é um ato falho

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


− três = 4

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>