O Manual para ser feliz e deixar que os outros sejam de Anco Márcio

O Manual para ser feliz e deixar que os outros sejam de Anco Márcio

 

Por Anco Márcio – em 23/09/2006 às 00h00

Viva. A vida é uma só, sem retorno pós-morte e você deve viver intensamente. Ignore as críticas, notadamente se elas são anônimas. Quem não tem coragem de assinar o que escreve, não merece viver. O anonimato é uma arma baixa e suja. Ignore os anônimos que se escondem atrás de nomes ou e-mails fictícios.

Fale. Fale à vontade enquanto estiver vivo que depois de morto você não terá uma só e única oportunidade de falar. Os outros é que, aproveitando a sua morte, irão falar de você. Portanto, não engula sapo, escreva e fale o que tiver vontade, diga aquilo que lhe magoa, lhe choca ou causa espanto.

Ame. Somente amando você vai ver como é bom ser amado. Ame intensamente sem medo do ridículo. Os amantes são mesmo ridículos nas suas manifestações de amor, nas suas mãos entrelaçadas e nos seus beijos de finais de tarde. Ame o quanto puder, pois o amor nunca é demais.

Selecione. Faça uma seleção de amigos, de seus amigos. Nunca queira ser um homem amado por todos quando metade desse povo não vale o pó de sua sandália. Tenha, se a vida quiser assim, apenas um amigo, mas um amigo de quem você possa se orgulhar, um amigo que seja fiel e companheiro.

Não minta. Nas suas palavras e escritos não pode haver o perigo da mentira, da falsidade da hipocrisia. Use sempre a verdade e você será uma pessoa pura. Nunca minta na sua vida e pelo amor de Deus, nunca minta para agradar qualquer pessoa. Diga sempre a verdade, mesmo que essa verdade ofenda.

Seja pobre. Queira pra você apenas o suficiente para o alimento de cada dia, a roupa de cada dia e as necessidades de cada dia, de maneira que no final do mês nada sobre, tudo tenha sido consumido. Não queira melhorar de vida à custa de atos que denigram sua imagem.

Seja sincero. Mesmo que suas palavras sejam duras e ásperas, seja sincero, nunca sendo falso apenas por piedade. Combata os canalhas, os hipócritas, os que vivem desonestamente, os que vivem na maldade, os que subiram na vida à custa de desonestidade ou extorsão.

Sorria. A vida é extremamente engraçada dependendo do ponto de vista de cada um. Sorria com todos e com tudo. Isso lhe trará uma imensa paz interior que os tranquilizantes não trazem. A verdadeira paz de espírito de que você tanto necessita pra amanhecer e dormir sorrindo.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


9 − = oito

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>