O MEU PRESENTE

O MEU PRESENTE

(José Mota Victor)*

josemotavictor

Ontem comprei meu presente de final de ano.  Um presente singelo como deve ser todos os outros. Um presente para marcar o ano que se finda. Todos os anos faço assim: “Hoje vou comprar o meu presente, porque afinal de contas eu mereço”.  365 dias de estresse, luta, incompreensões e muito trabalho.

Disse ao meu inconsciente que mereço e ele concordou. Um presente singelo. Presente muito mais importante do que carro, poder e joias para exibição da sociedade que perdeu o rumo em busca de riqueza e que não compreendeu o sentido da felicidade.

Pois é, comprei o Romance de Dom Pantera no Palco dos Pecadores do genial e inesquecível Ariano Suassuna. Um grande presente para a literatura mundial.

No prefácio de “A Pedra do Reino”, Raquel de Queiroz afirmou que não é toda vida que produz uma obra dessa estirpe. Eu diria que a Pedra do Reino ou o Sangue do Príncipe do vai e volta, está no patamar da maior obra da literatura mundial que é “El Ingenioso Hidalgo Don Quijote de lá Mancha”. Obra fundamental para literatura sair da Idade Média e entrar na Renascença.

Dom Pantera é um sinal importante para dizer que o Nordeste existe e que a magia e o encantamento não morreram. E que só devem ler o romance os Nobres Cavaleiros e belas Damas da Pedra do Reino.

*escritor, dramaturgo e poeta.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


× 8 = oito

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>