os lambe-cus voltam a atacar!

os lambe-cus voltam a atacar!

Vez em quando me deparo com um lambe-cu pelas esquinas da vida. São muitos!  Eles se reproduzem como moscas, baratas, larvas das primeiras. Lambe-cu é um substantivo que dá tanto para o macho, quanto para a   fêmea.   São muitos e cada vez mais lambedores.  O mesmo que baba-ovo. Ambos são asquerosos. É fácil identificá-los.  As vozes  os gestos, os sorrisos e, especialmente, a língua dos lambe-cus, denunciam essa praga.  Ah, quase me esquecia: também se identifica essas pústulas pelo andar. De quando em vez flagro um passando por mim.  E duvido mesmo que você, mesmo na sua conhecida discrição, não tenha descoberto um lambe-cu ao seu lado. Temos que conviver com eles, é verdade. É castigo também.   Portanto, se você assumir qualquer cargozinho, por mais merda que seja esse, todo cuidado é pouco.  Esconda o seu, porque eles irão atacá-lo. Os lambe-cus não discutem, lambem!

 

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


2 + = dez

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>