Postagens

ai que saudades que eu tenho do velho e verdadeiro judas do meu jaguaribe!

judas de jaguaribe

Tudo passa nesta vida. Tudo. Somente, segundo Ele, as suas palavras não passarão. Eu acredito e muito. Mas, aqui nesse silêncio de terça-feira, passada a Páscoa e festanças outras, carnaval e folias brasilienses, fico a lembrar dos tempos em que malhar o Judas era o divertimento maior de cristãos e outros que ali estavam apenas pela festa. O Judas mais ... Leia Mais »

UMA QUARTA-FEIRA UM

quarta-feira-de-cinzas_

1 – Ó quarta-feira meio enfadada!  Aqui, nesse exato instante, sem meias no pés, lendo Graciliano Ramos, ratifico o que há muito já dissera: é o nosso melhor escritor nordestino. A verdade é que no verde-amarelo são poucos os que escrevem ou escreviam como ele. O cara escreve como … gente grande? Mais que isso: gente enorme! Pausa.  Também sou ... Leia Mais »

GEORGE HARRISON, O BEATLES SOLO!

george caricatura

A canção é de George Harrison.  Ele sozinho. Assim como “Something”.  Here comes the sun e Something estão entre as mais belas canções do Beatles. Eu disse composições do Beatles George Harrison.  Mas, além dessas, incluiria ainda, como obras-primas, While My Guitar Gently Weeps. Porém e ai porém, como no samba do Paulinho da Viola, aquele famoso, não incluiria nessa relação a sua Taxman. ... Leia Mais »

Sangue de Bárbaros, o filme fatídico que matou seu elenco e equipe

sangue de bárbaros

Sangue de Bárbaros (The Conqueror, 1956), tinha tudo para ser uma produção esquecida feita por Hollywood na década de 50, se não fosse sua trágica história nos bastidores   Em 1954 John Wayne aceitou o papel do guerreiro mongol Temujin, que anos mais tarde se tornaria o celebre conquistador Gengis Khan. O papel originalmente havia sido oferecido para Marlon Brando, que recusou o ... Leia Mais »

Pingos

Uma corda no pescoço sairia mais barato

tornozeleira passou a ser um prêmio de loteria de ...

E a força da grana destruiu a nossa Rádio Tabajara

A pergunta que não quer calar: A destruição do ...

Aí essa saudade de mim…

… não sei se chore ou se RIO!