Postagens

São 34 anos sem Lennon e com Mark Chapman!

O último autógrafo...

Tem pessoas que somente deixam o anonimato assim, sem merecer, como aconteceu com o sacana do Mark Chapman. O anonimato é para muitos uma doença terrível. Incurável.  Ou o sujeito aparece ou desaparece fazendo com que notemos a sua presença. Ou melhor: descubramos que ele passou por aqui. Tem uns ainda que lutam e tudo fazem, mas acabam despontando para ... Leia Mais »

Escrever é preciso, navegar não é mais preciso!

escrever

Uma vez poeta e escritor Políbio Alves que é uma “fábrica” da melhor poesia e sabe reinventar o texto como poucos me disse que “sente uma dificuldade” feladaputa para escrever. Falou mais: um sacrifício. Sentar, escrever, rasgar; lembrar um pouco do que escreveu, rasgou e tentou aproveitar em numa nova escrita. Ah, Ledo Ivo engano! Não consegue. Os seus textos ... Leia Mais »

Coisa nao será nunca apenas uma coisa…

coisas

Um dia disseram aqui que falo muito em coisas. Escrevo muita coisa e uso coisas demais. Nunca tinha percebido. O uso das coisas não é uma muleta, mas necessário. Tudo no mundo é coisa e de coisa não passa. Coisas. O Moacir Santos tinha razão. E se cada uma estiver no seu – dela – lugar melhor ainda. Sou um ... Leia Mais »

E quando a insônia foi embora ele não queria mais dormir…

insonia sete boa

Grátis? Repetiu. Grátis! Grátis1 Grátis!  Nada nessa vida é grátis! Para respirar esse ar que lhe enchia os pulmões tinha que pagar caro. E pagava. Ele por exemplo  pagava por morar perto de uma fábrica de cimento e caminhar  quando esquecia que de caminhar tinha preguiça  por uma orla limitada por enormes lixeira cheias até a boca. Tinha mais:  veículos ... Leia Mais »

Pingos

única doença…

Diz o médico para o paciente:   – hum& ...

ensaio noturno

Diz o médico ao paciente:   –  Esta m ...

BOM DIA!

o médico examina, durante horas, um doente. E vai ...