Postagens

Dapenha nunca morrerá de saudades, essa é apenas uma doença passageira!

dapenha olhando o mar dois

A saudade mata a gente.  Foi assim, mais que de repente, que me lembrei dessa morte.  Nesse   exato momento em que sinto que o meu bom irmão e amigo Dapenha está doente de saudade. Disse doente. Morrer? Ah, isso ele não vai nunca. Pelo menos enquanto vivo estiver este Malabarista de Palavras. Podem anotar:  Dapenha não morrerá, assim como não morreram ... Leia Mais »

Bebé de Natércio: um poeta no samba

bebe poeta

Acho mesmo que a “culpa” foi da Rosa. Achava.  Foi assim. Mais que de repente ela achou que este MB não deveria ficar em casa e perder o “show” do bom itaporanguense Bebé de Natércio, no Teatro de Arena do Espaço Cultural José Lins do Rego, sexta-feira, essa que não está a assim tão longe. Ainda. Ora bolas!  Eu que ... Leia Mais »