Palavra de Secretário:  O que me restou do silêncio…  foi isso mesmo!

Palavra de Secretário: O que me restou do silêncio… foi isso mesmo!

A marca do autor está em tudo que ele faz ou mesmo pensa em fazer. Esse foi o pensamento que me assaltou – a palavra está na moda – no exato momento em que um colega de ofício perguntou a respeito do meu “capa dura” O que me restou do silêncio…,  que estará sendo lançado  no prximo dia 28 do mês que está correndo, mais que andando, ao Secretário da Administração Penitenciária,Wallber Virgolino. 

 O livro aborda qual assunto?!

Sem pensar duas vezes esse amigo Secretário dos bons  foi rápido no gatilho da resposta: ele trata de tudo. Só uma diferença: ele trata de tudo com muito bom humor! Não pensem encontrar textos acadêmicos no que ele escreve. Todo o escrito, mesmo não tendo lido ainda o livro, mas conhecendo o seu estilo, posso assegurar que  é escrito com o melhor – o dicionário computadorizado me pede para usar o “mais bom”: não uso! –  bom humor!

 Pausa. E não é que o nosso Secretário da Administração Penitenciária, mesmo que nunca tenha se arvorado a crítico literário,  acertou na mosca? E mesmo ainda  sem que essa mosca tenha alguma coisa a ver com história? Tem razão e coberto dessa mesma razão ele está: não saberia escrever sem o  humor!

E olhem que embora o meu amigo de escritas e sorrisos Anco Márcio, o melhor texto de humor destas plagas parahybanas, sem nenhuma dúvida, insistia em dizer que este Malabarista de Palavras, assim como ele, era sobretudo um escritor de textos de humor. E acrescentava ser essa arte – escreve humor  –  uma  coisa rara por aqui e em alhures.

 Uma coisa, porém, ambos, o competente Secretário Wallber Virgolino e o saudoso Anco Márcio tem razão: sem humor não escreveria com tanto amor. Sem humor e o amor a guerra responderia presente. Embora nós bem humorados saibamos que se o amor não faz a guerra, uma tirada humorística e na hora certa é capaz de fazer o Barack Obama apertar o botão que desliga o mundo!

O que me restou do silêncio…  foi isso mesmo!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


5 × = quinze

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>