PELO HÁLITO SE CONHCE O TIPO DE CANCER

PELO HÁLITO SE CONHCE O TIPO DE CANCER

(Reprodução/The Lates News)(Reprodução/The Lates News)De acordo com a American Chemical Society, pesquisadores estão analisando testes que podem identificar tipos de câncer pelo ‘cheiro’ do hálito dos pacientes. Isto é importante, uma vez que a doença continua sendo uma das principais causas de morte no mundo. As mais recentes estatisticas da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que 14,1 milhões de novos casos de câncer surgem no mundo a cada ano.

Entre as diferentes formas de câncer, os mais comuns são de pulmão, mama feminina, intestino e próstata.

Para encontrar maneiras mais rápidas e inovadoras de detectar o problema, uma equipe de pesquisa fez algum progresso. Por meio da utilização de um equipamento com sensores pequenos, flexíveis, eles prometem detectar com precisão os compostos no hálito que mostram a existência de traços específicos relacionados ao câncer de ovário, por exemplo.

Atualmente, para diagnosticar esta manifestação da doença, é necessária a realização de um série de métodos. Esta nova criação revoluciona por ser uma combinação de técnicas de imagem de tecido, amostras de exame simples sob um microscópio, e testes que analisam proteínas marcadoras características.

Um dispositivo de respiração-teste oferece uma maneira menos invasiva e mais rápida de avaliar o câncer. Isto funciona porque o ar exalado contém uma variedade de produtos químicos e proteínas que podem atuar como sinais para doenças específicas. Algumas estimativas, relata o Daily Mail, sugerem mais de 400 substâncias químicas diferentes de várias doenças podem ser detectadas no respirar de alguém.

O protótipo utiliza sensores com nanopartículas de ouro que funcionam como um tipo de “nariz eletrônico”. O sistema, que foi testado em amostras de ar de 17 pessoas com cancer de ovário de um grupo de 43 voluntários, tem atualmente uma classificação de precisão de 82% ( o que significa que apenas 14 das 17 pessoas foram diagnosticados com sucesso usando o dispositivo).

Para o dispositivo para chegar ao mercado, é preciso haver mais investigação. No entanto, os resultados são promissores e dignos de um estudo clínico mais aprofundado, o que significa que em um futuro próximo isso pode nos trazer resultados satisfatórios com um custo eficaz para todos.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


sete − 1 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>