Pingos

democracia e cinema ou nem fiz o enem nem irei fazer

eneme dois otima

Achei arretadas as dicas de uma professora da língua pátria para o aluno fazer uma boa redação sobre o último tema que “caiu” no Enem. Um tema com um título longo e democrático de   “Democratização ao acesso do cinema no Brasil“. Achei o título uma redação.  Longo como  “Não seja uma ameaça para o centro-sul enquanto bebe seu suco”, o filme.  A ... Leia Mais »

o belo julinho

julinho google

tão vendo esse cara com pose de artista? pois é tá na cara tá nos olhos… tá na vista!           em tempo: esse é o meu belo neto julinho, primo do belo abel! Leia Mais »

uma vez flamengo não, cinco!

mengo cinco a zero

nada de “piada de português”, mas uma atropelada da melhor equipe de futebol do brasil, no momento, liderada por um português. o “mister” – acho o tratamento de uma basteirada sem tamanho.  por lá até que pode ser. – mostrou, matou, mereceu e… mengoooooo! se um técnico pode ganhar um jogo? essa é uma discussão lá dos meus tempos de ... Leia Mais »

Ah, se não existisse flamengo no mundo…

renato gaucho e humberto dois um

não disse pra ele que era flamengo “até viver”. morrer? tão cedo!  e no caso, fosse por um time de futebol, viveria eternamente. não disse para o bom renato gaúcho que era flamenguista, repito, sou parahybano – somos, a rosa estava presente –  e de jaguaribe (“gosto muito dessa terra”, disse ele). sentiram? isso mesmo. não disse de jaguaribe. estava ... Leia Mais »

Denise Belmiro: a dona da voz

denise e patrícia

  Sei não, sei não, sei não mesmo!  Mas acho que existem algumas vozes que por mais que se grite por ai que existe uma cura para elas, essa cura não existe. É o caso, por exemplo, dessa moça bonita que substituiu essa outra que tinha uma boa voz, mas a simpatia não acompanhava. De quem falo? Denise Belmiro. A ... Leia Mais »

DIA DOS POETAS! SALVE…QUE ELES NOS SALVEM!

drummond

Dia de poeta. Dia da poesia é todo dia. Do poeta também. O meu poeta é Mario Quintana. Hoje, porém, dizendo tudo que este não-poeta, chegando aos 80 anos também diria, vou de Drummond. – “Nunca tive pretensão a nada na vida, nunca pretendi ser rico ou poderoso E NEM MESMO FELIZ. Na medida do possível, acho que vivi uma ... Leia Mais »