Por onde andavam Políbio Alves e Aldo Lopes nessa  noite ?
eu, o poeta políbio e o escritor aldo lopes

Por onde andavam Políbio Alves e Aldo Lopes nessa noite ?

DOIS REGISTROS: Infelizmente o amigo e autor de O Dia dos Cachorros e A dançarina e o coronel, Aldo Lopes de Araújo, esse princesence que escreve como poucos nestas e outras plagas,  estando em plagas outras metido em construções, onde ainda  agora se encontra, não pode me dar a alegria de dividir com ele o meu silêncio na última sexta-feira. Um puto sujeito!

O outro registro, esse o segundo, porém não menos importante, o poeta e escritor Políbio Alves que me daria a alegria de tê-lo apresentando “O que me restou…”, por motivos de força maior, enorme, motivo de saúde – visitei-o no último sábado, eestá muito bem. – não pode comparecer. Mas, sinceramente, nenhuma palavra que não seja para ratificar a nossa amizade. Outros dias virão! Outros silêncios serão divididos!

Putabraço pros dois!

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


8 × = setenta dois

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>