Por que não Bukowski, Boechat ?!

Por que não Bukowski, Boechat ?!

Nessa merecida homenagem a Ricardo Boechat, sem nenhuma dúvida  muito bem merecida, por não suportar mais a repetição de sua triste e trágica despedida, vez por outra,  mergulhava no livro mais próximo, sem esquecer o anterior. Por quê? Simples:  a  mania que vem de longas datas de ler mais de um livro charles caricaturaao mesmo tempo. Ou melhor: tiro os olhos de um, e levo esses mesmos olhos para outro. Vocês entendem. Tenho pressa.

Pois bem. Enquanto Boechat era merecidamente homenageado eu lia o “Hollywood”,  um livro, entre os  muitos que tenho aqui na sala, para isso mesmo:  vez em quando meter esses olhos curiosos. Mas o  que me chamou a atenção, lendo o “Hollywood”, foi  esse “epitáfio”” que escreveram na lápide do “Velho Safado”, Charles Bukowski, numa cerimônia realizada por monges budistas, que tudo tinha a ver com Boechat. Isso mesmo: bem que poderiam escrever na lapide dele,

-  “Don´t try” (Não tente) – expressão que faz referência ao epitáfio: “If you spend all your time trying, then all you´re doing is trying. So don´t try. Just do” (“Se você passa a vida inteira tentando, então tudo o que vai fazer é tentar. Então não tente. Faça”).

Resquiecat in Pace, Boechat, toca o barco.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


oito − = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>